Não e fácil, nunca foi fácil, mas a gente tem esse instinto de sobrevivência impregnado em nossa essência, e sempre damos um jeitinho de superar.

Amigos que nos decepcionaram, amores que nos traíram, familiares que nos apunhalaram pelas costas. Superamos e aprendemos a conviver com a dor de perder alguém querido.

Caímos, levantamos, sangramos, choramos, caímos de novo e de novo mas, de alguma maneira, essa força sobrenatural, esse sentimento que gostamos de chamar de fé, nos sustenta nos carrega no colo quando perdemos a força para andar. Essa confiança naquele que nos deu a vida acalenta nosso sofrimento, seca as nossas lagrimas e sussurra baixinho em nossos ouvidos que isso também vai passar.

E a verdade é que isso, passa sim!

Eu não sei qual é o seu isso, mas posso te assegurar, por experiência própria, que isso dói, machuca, tortura e assombra. Mas passa. E você sobrevive e você supera porque superar é algo inerente ao ser humano.

Está misturado no sangue que corre em nossas veias porque fomos feitos para triunfar. Essa força maior que nos criou não nos fez para desistir no primeiro obstáculo. As escrituras sagradas nos apresentaram um desejo do criador para que vivêssemos com abundância. Então, é preciso saber cair, é preciso aprender com os erros, é preciso superar.

Eu sei que existem dias escuros. Dias que cegam a nossa visão, que cobrem e impedem a nossa luz de brilhar mas, eu também sei que são nesses momentos, quando nos sentimos desamparados e que o coração bate mais acelerado e com medo, eu sei que são nestes momentos, que nossa verdadeira força vem à tona. Porque desistir nunca foi e nunca será uma opção. Porque temos dentro desse coração, tão forte e tão frágil ao mesmo tempo, um poder divino de continuar.

Então continue, supere, respire fundo, sobreviva e mas muito mais do que isso, viva com a certeza de que o melhor ainda está por vir e que, apesar de todas as tempestades, o sol sempre volta a brilhar.

Imagem de capa: alexan888, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Wandy Luz
“Pedras no caminho ? Não guardo nenhuma, mas escrevo sobre cada uma delas. Construo castelos de palavras, e te convido a entrar e fazer parte do meu conto de vida.”Wandy Luz é colunista, apresentadora e um ser humano em busca de evolução.Também escreve para: O Segredo, Resiliencia Humana, Jornal e-Cuesta e Portal Resiliencia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here