Título Original: Doze anos

Em 2012, quando comecei o blog, você era um menininho de seis anos que dizia “A mamãe é meu remédio” e me ensinava que eu poderia fazer poesia a partir de bolhas de sabão, aviões de papel e gravetos catados do chão. Hoje, seis anos depois, celebramos seu 12º. aniversário e suas questões estão mais profundas, repletas de perguntas sem respostas e cheias de experiências difíceis de assimilar.

Por trás da franja lisa e comprida que recobre um dos seus olhos, sei que há um menino que se comove com o sofrimento alheio e amadurece ao perceber que a vida é mais forte que a gente.

Esse ano você viu um amigo perder o pai e uma amiga perder a mãe. Sei o quanto aquilo o assustou, e percebi que embora queira protege-lo, não poderei poupa-lo do espetáculo da existência. É filho, a vida é linda e assustadora, e algumas vezes o coração da gente vai sangrar… Assim, mesmo que eu lhe ofereça meu colo sem restrições, alguns momentos serão só seus, e de mais ninguém. Por isso é importante que confie em Deus. Que saiba como recorrer a Ele em todos os momentos, e que nunca perca a fé e a coragem.

Esses dias revi um vídeo cheio de significado no YouTube e desejei que você sempre tenha seus ensinamentos em mente no decorrer da vida. O vídeo se chama “Pálido ponto azul” e é uma lição sobre humildade; uma demonstração das tolices e vaidades humanas; um alerta quanto à necessidade de tratarmos melhor uns aos outros. Sei que ainda não tem maturidade para refletir sobre a profundidade das palavras de Carl Sagan, mas um dia você entenderá o quanto somos muito pequenos; o quanto não significa nada lutarmos para que nossos egos encontrem uma posição privilegiada; e o quanto é muito mais importante preservarmos nossos afetos e cuidarmos das vidas que tocamos.

Sendo assim, desejo que nunca se esqueça que a Terra é “apenas” um grão de poeira suspenso em um raio de sol. E é aqui, nesse minúsculo palco, que você viverá a totalidade de suas alegrias e sofrimentos. É aqui, nesse microscópico mundo, que você fará escolhas, decidirá os rumos de seu coração e tocará outras vidas.

Nem sempre conseguiremos viver sem magoar alguém, mas desejo que assuma sua responsabilidade quando isso acontecer, e que os danos sejam os menores possíveis. Peça perdão. Repare seus erros. Tente aprender com eles. Que você não se iluda achando que é maior que alguém só porque tem um guarda roupa bacana, ocupa tal cargo na empresa, ou viaja para o exterior todo ano. Tudo isso é bom, rende muitos aplausos, diplomas e likes no Instagram, mas não nos faz melhores ou piores que ninguém. O que nos faz melhores, realmente, é a capacidade de termos compaixão e empatia. O empenho em sermos solidários, recíprocos e transparentes em nossas relações. A capacidade de olharmos no fundo dos olhos daqueles que amamos e demonstrarmos as verdades de nosso coração, mesmo que isso cause dor no momento. A virtude de assumirmos nossos erros, de não nos fazermos de vítimas, de não nos acovardarmos diante de nossas próprias fraquezas. E finalmente, o respeito por todos, nunca nos esquecendo que estamos juntos no mesmo barco, que fazemos parte de uma totalidade, e que ainda que nos imaginemos como gigantes, somos apenas pequenos grãos de poeira num vasto Universo comandado por Deus.

Feliz aniversário meu menino! Te amo muito! Beijos de sua mãe

(Assista a seguir ao vídeo “Pálido Ponto Azul”, de Carl Sagan):

Imagem de capa: Dubova / Shutterstock

Para comprar meu novo livro “Felicidade Distraída”, clique aqui.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Fabíola Simões
Nasceu no sul de Minas, onde cresceu e aprendeu a se conhecer através da escrita. Formada em Odontologia, atualmente vive em Campinas com o marido e o filho. Dentista, mãe e também blogueira, divide seu tempo entre trabalhar num Centro de Saúde, andar de skate com Bernardo, tomar vinho com Luiz, bater papo com sua mãe e, entre um café e outro, escrever no blog. Em 2015 publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos os Afetos" e se prepara para novos desafios. O que vem por aí? Descubra favoritando o blog e seguindo nas outras redes sociais.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here