Você acredita em milagres? Quando digo milagres, não me refiro apenas em grandes milagres, mas nas pequenas bênçãos que são capazes de mudar nosso dia.

Você já parou para pensar que aquele ônibus que você perdeu quando estava muito atrasado(a) poderia quebrar no meio do caminho, causando um grave acidente? Ou então aquele passeio em família que planejava fazer, porém, por algum motivo acabou não fazendo, e logo após descobriu que aconteceu algo ruim aonde seria seu próximo destino? Não importa como os pequenos livramentos acontecem, eles simplesmente acontecem e estão aí para nos mostrar que tudo acontece por alguma razão. Nada é por acaso.

No momento em que acontece algo ruim, logo nos vêm à mente que estamos sem sorte e que nosso dia terminará mal. Como seres humanos, temos essa mania de nos auto sabotar e reclamar por qualquer coisinha frívola que nos acontece. Entretanto, o que poderia ser algo bom também poderia se tornar algo ruim. Mesmo não entendendo de imediato, saiba que isso não acontece somente com você. Esses pequenos milagres acontecem com qualquer pessoa, em qualquer parte do mundo, e assim como você, elas não compreendem.

Não importa qual é seu credo, você recebe pequenos livramentos diariamente.

Ao acordar, você é abençoado. Você simplesmente tem a oportunidade de escrever um novo capítulo de sua história. Você tem uma família que te ama e que te espera após um longo dia de trabalho. Você tem um teto e, embaixo dele, você é protegido contra a chuva e o sol. Você tem amigos que te fazem sorrir. Você tem uma vida. Isso já é motivo de agradecer.

E se você ainda não concretizou algo, você tem a chance de concretizar. Assim como pequenos milagres acontecem, os grandes também acontecem. Creia.

Imagem de capa: Albina Light, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Larissa Dias
Estudante de jornalismo, radialista por amor, escritora nas horas vagas. Adora dar boas risadas, costuma passar os domingos de pijama assistindo filmes e séries. Apesar de não curtir baladas, é incapaz de recusar uma rodinha de violão, e para pra cantar junto. Mesmo desafinada, garante que é simplicidade em pessoa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here