5 comportamentos que indicam o fracasso do relacionamento

Não podemos pretender mudar o outro se nunca lhe dissemos que seu comportamento nos incomoda. Ao fazer isso, estamos contribuindo para o fracasso do relacionamento.

Às vezes, diante do fracasso do relacionamento, surgem perguntas como “Por quê? Se tudo parecia ir bem?” No entanto, será que tudo realmente estava indo bem?

Hoje descobriremos alguns comportamentos que podem levar ao fracasso da relação.

Os relacionamentos amorosos não fracassam da noite para o dia sem motivo aparente. Há condutas que mantemos sem nos darmos conta de que estamos prejudicando o vínculo.

Vejamos quais são algumas delas.

Condutas que podem causar o fracasso do relacionamento

1. Criticar o parceiro(a)

Uma das primeiras condutas que indicam o fracasso do relacionamento é quando criticamos o outro pela forma como se veste, como dirige, as escolhas alimentares, o jeito de falar, etc.

Nossas críticas têm um objetivo: mudar a outra pessoa. Algo que nunca vai ser possível, que supõe uma tentativa de manipular o outro e transformá-lo em algo que não é.

Para que exista uma relação de casal saudável e sólida é preciso ter uma aceitação plena do outro. Se não gostamos da forma como ele ou ela é, temos duas opções: aceitar ou terminar.

No entanto, nunca haverá a opção de criticar para fazê-lo mudar.

2. A outra pessoa nos despreza

Nosso parceiro nos ridiculariza? Chega a nos humilhar em algumas ocasiões? Se é isso que sentimos, mas não falamos a respeito, não estamos fazendo nada para solucionar o problema.

Em algumas ocasiões nosso parceiro tem uma forma de ser que nos faz mal, mas continuamos juntos em nome do amor.

O mais provável é que soframos de dependência emocional e que por isso não saibamos dizer “eu não vou tolerar isso, estou indo embora”.

É importante que tenhamos em conta que em uma relação de casal é preciso haver respeito. Se não, esta será sem dúvida outra das condutas que indicam o fracasso do relacionamento.

3. A culpa é sempre do outro

Entre todas as condutas que indicam o fracasso de uma relação, esta é a terceira mais clara, pois se trata de colocar a culpa no outro, ou seja, nunca assumir a responsabilidade.

Imaginemos que uma mulher coloca a culpa em seu marido porque ele coloca os pés em cima da mesa. Ela o culpa sendo que, na realidade, nunca lhe disse nada até o momento e já se passaram dois anos.

De quem é a culpa?

É muito fácil culpar o outro não apenas nesta, mas em muitas outras circunstâncias das quais não nos damos conta.

A mulher deveria ter-lhe feito saber desde o princípio que não gostava disso, mas em vez disso, tentava fazer com que seu parceiro “adivinhasse” que a incomodava.

Esta atitude não é correta e a mulher teria que assumir a responsabilidade pela situação para, assim, aprender com ela e aplicar este aprendizado em ocasiões futuras.

4. O silêncio e a indiferença

Se voltarmos ao ponto anterior onde um pode crer que a culpa é do outro, isso causará uma irritação que pode fazer com que a pessoa opte pelo silêncio e a indiferença para “castigar” seu parceiro.

Esta atitude tenta submeter o outro, além de tratá-lo sem uma gota de respeito.

Quando nosso parceiro tenta nos castigar por dizer o que pensamos ou o que nos incomoda e nos castiga com o silêncio, é o momento de sair desta relação.

5. Nosso parceiro nos obriga e exige coisas

Este ponto tem muito a ver com a aceitação incondicional da qual falamos no início.

Obrigar e exigir determinadas coisas do outro é uma das condutas que indicam o fracasso de uma relação.

Não podemos obrigar nem exigir nada de nosso parceiro. Ele é uma pessoa livre que devemos respeitar sem fazer nenhuma tentativa de manipulá-lo de acordo com nossas vontades.

Se isso acontece na sua relação é preciso conversar sobre o tema pois, como mencionamos, ela está fadada ao fracasso. As atitudes de manipulação são muito nocivas.

Você já encontrou estes tipos de comportamentos em seu relacionamento? Detectá-los a tempo lhe permitirá colocar um ponto final antes que a situação acabe causando ainda mais dor.

Fonte indicada: Melhor com Saúde

Imagem de capa: kittirat roekburi, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos

Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: “A Soma de todos Afetos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here