O parabéns é pra você, mas não pelo seu aniversário…

Queria te parabenizar por me mostrar de uma forma tão clara tudo o que não quero pra mim, por ter me dado aulas grátis de como não se deixar levar por um rostinho bonito e frases feitas. Tudo bem que me deixei iludir um pouco também, mas é que você foi me dando corda e eu não havia notado que era pra me enforcar mais tarde. Não foi fácil, senti medo quando me joguei por inteiro e, no final da queda, percebi que o laço havia virado nó e estava me sufocando.

Parabéns por me ensinar que devemos ter a maldade de desconfiar de tudo e de todos, gastei o pouco da ingenuidade que me restava toda com contigo, que a desperdiçou. Agora, não é que eu não queira, mas não consigo acreditar em mais nada, nem em ninguém. Estou camuflada de preconceitos para me proteger do que nem eu mesma sei, graças a escola que você me matriculou sem eu querer. Já fui mais sonhadora, porém, após despertar do pesadelo no qual foste protagonista, tenho medo de cochilar e passar por tudo novamente.

Parabéns por me ter feito pensar que estava vivendo os melhores dias da minha vida, nunca tinha ouvido tantas palavras belas e sábias sobre ela, sobre o mundo, sobre mim. Talvez, alguns versos de seus poemas fiquem gravados na minha memória, era sua fã número um até descobrir que suas atitudes destoavam de suas palavras. Na verdade, não foram dias, pra ser mais preciso, foram os 365 dias mais intensos e contraditórios que vivi, graças a você.

Meus parabéns por ter cultivado lindas rosas no jardim secreto do meu coração, que só você conseguiu encontrar o caminho. Mas, depois que as rosas floresceram, você não voltou mais para regrá-las e, aos poucos, foram secando, murchando, até morrerem. Sobraram apenas os espinhos que me ferem toda vez que tento arrumar a bagunça que você deixou lá. Estou podando o que restou daquele tempo quando você era o jardineiro que cuidava e enfeitava tudo em mim.

Meus parabéns, mas não pelo seu aniversário que fiz questão de esquecer que é hoje, assim como também me esqueci de você. Não me lembro mais do seu time que finalmente passou o meu no campeonato (apesar de continuar sem nenhum mundial), não me lembro que a sua música favorita é o som da chuva caindo ou de um grilo cantando, me esqueci de como você é tonto e como a sua ficha demora mais pra cair do que o normal, enfim, acho que me esqueci até do seu olhar sereno e do seu riso leve. Por tudo isso e por tudo que passamos, sorrimos, choramos e vivemos nesses 365 dias que não me lembro mais, parabéns…

Imagem de capa: solominviktor, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Rachel dos Santos
Paulistana, porém mineira de coração. Viciada em música e sorvete, adora filosofar no facebook e compor canções que guarda a sete chaves. Estudante de jornalismo , pretende construir um mundo mais bonito por meio de seus escritos. Acredita que a simplicidade é a chave que abre a porta da felicidade. Sempre usa reticências no final das frases porque sente que sempre há um pouco mais a se dizer...

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here