A vida não espera

Vai dar tudo certo. É preciso acreditar, apostar e arriscar. Se aceitarmos a inércia, jamais nos moveremos do lugar. As coisas só mudam, quando mudamos, primeiramente, internamente. A ferida só cicatriza quando cura por dentro. Seguiremos em frente somente se pararmos de olhar para trás. É preciso desapegar e se afastar do que não faz bem. Se não acrescenta e não colabora, não vale a pena. Temos a péssima mania de aceitarmos qualquer coisa, enquanto perdemos o gostinho do que realmente merecemos. A vida tem o melhor sabor para nos oferecer, porque nos recusamos a experimentar?!

Às vezes, o marasmo se aproxima e tira um pouco nossa sede de viver. E é normal sentirmos isso de vez em quando. Mas é necessário sabermos a hora de nos recompor, sacudir a poeira e agir. Não podemos parar. A vida é movimento, cinesia pura. Podemos até pensar em desistir, mas se refletirmos sobre o valor da vitória, certamente pagaremos o preço para irmos até o fim.

Precisamos ser positivos, acreditar que é possível, que vamos conseguir. Nosso maior inimigo somos nós mesmos. Colocamos barreiras, enxergamos impedimentos onde não tem, e muitas vezes desistimos sem tentar. A vida é feita de tentativas, ninguém acerta o tempo todo. Super heróis não existem, embora, às vezes, pareça. Super mãe, super amigo e até aquele super chato, que mora no seu coração. Entenda que nada é perfeito e nem sempre vamos conquistar o que queremos. E, muitas vezes, essa é a melhor coisa que pode nos acontecer, não acontecer. Nem sempre o que desejamos é o melhor.

Aprenda a enxergar a beleza que existe nas imperfeições, perceber além do que os olhos podem ver. Em alguns momentos, a melhor lente que possuímos para encarar o mundo é a alma. Ela é a bússola que costuma não errar e nos guia para onde nosso coração pede.

A vida é curta demais para ser pequena, disse um certo alguém. Aproveite tudo o que ela tem para lhe oferecer. Não seja um empecilho, faça acontecer. A vida não espera…

Imagem de capa: Alena Ozerova, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Rachel dos Santos
Paulistana, porém mineira de coração. Viciada em música e sorvete, adora filosofar no facebook e compor canções que guarda a sete chaves. Estudante de jornalismo , pretende construir um mundo mais bonito por meio de seus escritos. Acredita que a simplicidade é a chave que abre a porta da felicidade. Sempre usa reticências no final das frases porque sente que sempre há um pouco mais a se dizer...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here