Toda tempestade é oportunidade para renascer

Se a vida segue, então deixa ela seguir. Se entregue ao movimento natural mesmo que este seja doloroso e difícil de aceitar. Nem sempre a vida é mansa, ela sacode para nos movermos.

Às vezes, traçamos uma linha de navegação, ajeitamos as velas, o barco, nos preparamos para a viagem programada no nosso mapa pessoal. E então, eis que surge no meio da jornada uma força da natureza que foge aos planos, uma tormenta que desestabiliza o barco, faz mudar o rumo, as velas, a direção e leva tudo aquilo que tínhamos como bagagem da vida. Como se nos tirasse tudo o que estava garantido e à mão para forçosamente nos colocar na possibilidade de recomeçar, num outro rumo para um novo destino.

A vida sabe e reconhece a nossa força pessoal e não faria isso sem um propósito. Ela conhece nossas reais capacidades que são testadas em momentos de turbulência. A vida nos coloca em provas de superação.

Após passada a tempestade, tudo fica bagunçado, perdido, somos colocados na possibilidade da transformação. Este movimento da tormenta vem carregado de energia para a nossa auto geração, ela nos abastece para potencializar recomeços e catalisar novas possibilidades. Não procure voltar para onde estava. Nesse momento o melhor a fazer é parar, respirar e perceber que talvez aquele caminho pré-determinado não seja o seu destino.

A natureza age de forma muito sábia e sempre traz consigo seus propósitos. Nada é em vão e nenhuma ação é solta, tudo está conectado a algo maior, para ascensão, desenvolvimento, autoconhecimento, amadurecimento e evolução pessoal, pode confiar. Por isso, as tormentas existem, para que uma força além de nós desfaça rumos pré-determinados para algo maior e melhor. Pense, se a vida viesse dizer em tom manso que aquele caminho não é o ideal, dificilmente pensaríamos em virar o leme e vela para seguir os conselhos da vida. Nós nem mesmo seguimos as próprias intuições! Por isso esta força sobrenatural nos move e o melhor é não oferecer sem resistência para não gerar ainda mais dor. Segue o fluxo, deixe-se bagunçar. Chore se tiver de chorar, viva um luto do que acabou de deixar, mas depois traga entendimento para este novo momento e da sua nova rota de vida.

Após toda tormenta, o sol ilumina. Assim é o movimento natural e perfeito para clarear, secar as águas das lamentações e avistar o novo horizonte que se abriu. Se abra junto. Tudo segue no seu divino propósito. A vida é sábia. Aceite, agradeça e confia. Pois como diz o ditado, após a tempestade vem a bonança, então prepare seu ser para os presentes que o universo lhe reservou.

Imagem de capa: Kochneva Tetyana, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Anieli Talon

É jornalista, atriz, locutora, dubladora e tem a comunicação como aliada. Escritora por natureza, tem mania de preencher folhas brancas com textos contagiados por suas inspirações .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here