Há pessoas neste mundo que estão aqui para dar felicidade

Imagem de capa: Jurij Krupiak, Shutterstock

Vou dizer isso em alto e bom som: existem pessoas neste mundo que aqui estão para dar felicidade, e eu tenho a sorte de contar com algumas delas. São aquelas pessoas que colocam o seu mundo de pernas para o ar, viram as coisas e matam você de tanto rir; mas também são essas pessoas que lhe estendem a mão sem duvidar, se for isso que você precisa. Em resumo, essas pessoas são os verdadeiros amigos.

Essas pessoas que, aconteça o que acontecer, sabem o que fazer, o que dizer e onde estar. Essas pessoas com as quais parece que você tem uma conexão mágica no momento exato que o leva a viver aventuras surrealistas que sempre terão um cantinho no seu coração. São os amigos da alma, esses que ensinam e, principalmente, que marcam.

São o seu ponto de ancoragem se todo o resto cair, assim como são o seu maior sorriso quando tudo vai bem. São os que jogam a raiva sem complexos e sem papas na língua quando acham que você está errado, mas também os primeiros que o aplaudem na hora em que você faz algo legal.

“A amizade é uma alma que habita dois corpos; um coração que habita duas almas.”
-Aristóteles-

São a sua bengala e, ao mesmo tempo, as suas asas

São essas pessoas que marcam, mas não ferem, porque os sinais que a amizade deixa na pele são tão profundos como as cicatrizes, mas tão invisíveis e prazerosos como as carícias. São esses abraços sinceros que arrepiam a pele e que deixam você sem fôlego quando precisa deles.

São essas pessoas que se transformam ao mesmo tempo na sua bengala e nas suas asas, porque são as primeiras que encorajam você a voar e as que sempre servirão de apoio se você decidir que irá apenas caminhar. Porque são a sua bússola, a guia diante dos seus medos e a luz na sua escuridão. São os que tiram a melhor parte de você e ajudam a lutar contra qualquer adversidade.

São amigos de verdade, e por isso são a família que se escolhe. A que ouve as suas histórias, briga com você por bobagens e dá a mão junto com um sonoro “fica tranquilo, vamos sair desta” se for isso que você estiver precisando.

São as noites de festa e as tardes de café. São as conversas mais sérias junto com as lágrimas mais sentidas nos momentos que você gostaria de poder esquecer. São, em resumo, as pessoas que ajudaram você a ser como é, a tirar o melhor de si e a conseguir, em parte, o que você se propôs.

Porque tanto os piores como os melhores momentos da vida sempre são melhor vividos em companhia. São essas pessoas com as quais você aproveita cada segundo quando estão por perto, com as quais você vive a vida como se cada minuto fosse o último. São a felicidade de cada dia.

São essas pessoas que marcam, mas não ferem, porque os sinais que a amizade deixa na pele são tão profundos quanto as cicatrizes, mas tão invisíveis e prazerosos como as carícias.

Contamos as pessoas que trazem felicidade nos dedos de uma mão

São as pessoas que você escolhe, e por isso as escolhe muito bem. São contadas nos dedos de uma mão, mas valem mais do que se possa imaginar. São amigos, amigos da alma e companheiros de batalhas. E por isso são os que mais merecem que você reconheça o quanto valem todas as vezes que você puder.

Por isso escrevo estas linhas, para que você possa dedicá-las a essas pessoas que fazem parte da sua vida e fazem do seu mundo um mundo melhor, cheio de felicidade. Porque suportam as suas quedas e fazem você pensar que são apenas um tropeção. Fazem você ser o herói da sua própria história porque eles dão a você os superpoderes, a confiança, para ser quem você é.

São essas pessoas que você sabe que estão sempre aí. Que se comunicam com você com apenas um olhar, já que sobram as palavras depois de tudo que viveram. São esses “amo você” falados sem medo de rejeição, porque você sabe que a amizade é o único amor que não se afasta apesar dos seus erros, apenas se torna mais forte. A todos vocês agradeço, agradeço sempre.

Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos

Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: “A Soma de todos Afetos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here