Algumas coisas simplesmente não duram

Imagem de capa: Evgeny Hmur, Shutterstock

Por mais que nos esforcemos para manter ao nosso redor as pessoas que amamos, nem sempre será possível mantê-las por perto. E, se é preciso se esforçar para manter, é sinal que não vale mais a pena. Amor, carinho, afeto e respeito são sementes que plantamos uns nos outros e, quando cuidadas, cultivadas, nascem naturalmente. Simples assim, sem complicações, desculpas ou definições, simplesmente acontece.

Entretanto, é difícil reconhecer um estranho em nossa vida, principalmente, quando esse estranho é alguém que tanto se conheceu um dia. Alguém que no passado estava sempre presente e que, no presente, tornou-se parte do passado. Não é fácil lhe dar com isso, mas é preciso entender e aceitar que há pessoas que, por mais que gostemos delas, não podemos mantê-las por perto pelo simples fato delas nos fazerem mal. Dói muito descobrir que aquele amigo que você defendia de tudo e de todos, fala mal de ti pelas costas. Dói mais ainda, quando após muito tempo sem se ver, por orgulho, ele vira a cara e finge que não te viu.

Quando isso acontece ficamos sem saber o que fazer, como agir, nos magoamos e procuramos por respostas para tentar compreender o porquê de tudo isso. Mas, nem sempre conseguiremos entender. E, é nesse momento, que precisamos ser fortes e sábios para superarmos a situação e seguirmos em frente. Ainda carrego no peito pessoas que jamais irei esquecer, guardo memórias dos bons e dos maus momentos que enfrentamos e superamos juntos. Porém, só posso mantê-las guardadas no coração, pois quando entraram em minha vida me apunhalaram pelas costas e, me ensinaram da pior forma, que há pessoas que por mais que as amemos, devemos seguir sem elas.

No fundo, eles sabem o motivo do afastamento e, por isso, geralmente, nem insistem em ficar. Sim, algumas coisas não são para sempre. Algumas amizades não duram a vida toda, alguns amores não sobrevivem sequer a uma primavera, viram lembranças de uma estação qualquer. Não guarde rancor, não nutra mágoas, esse tipo de coisa só faz mal para quem o carrega. Deseje o bem, guarde o que foi bom e siga em frente sem medo olhar para trás, afinal, quem cultiva o bem não tem motivos para se arrepender. A colheita produz frutos que nos tornam pessoas melhores e transcende a longevidade do tempo na vida de quem cruza nosso caminho…

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Rachel dos Santos
Paulistana, porém mineira de coração. Viciada em música e sorvete, adora filosofar no facebook e compor canções que guarda a sete chaves. Estudante de jornalismo , pretende construir um mundo mais bonito por meio de seus escritos. Acredita que a simplicidade é a chave que abre a porta da felicidade. Sempre usa reticências no final das frases porque sente que sempre há um pouco mais a se dizer...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here