Não deixe alguém ir sem antes lutar para fazê-lo ficar

Imagem de capa: Hrecheniuk Oleksii, Shutterstock

Sempre tive dificuldade em entender uma coisa: Nem tudo que vem é com intenção de ficar. Pois algumas coisas só chegaram para passar um tempo na minha vida, para me marcar, cuidar e ensinar, para logo depois alçar voou e ir para longe. Mas uma coisa que ninguém me explicou foi a capacidade de suportar o abandono, e nem me disseram como superar a dor de ser substituído. Por mais normal que seja ser deixado até hoje não me acostumei e acho que nunca irei.

Porque no começo de toda relação eu me preservo até demais. Me escondo, me protejo, deixo apenas algumas partes minhas virem á tona e com o tempo vou observando se a pessoa merece ver além, se ela é de confiança e não irá rir ou julgar os meus jeitos, defeitos e erros. Ainda mais que não sou alguém fácil de conviver e logo depois de um tempo curto comigo a pessoa pode ir, então para evitar a dor de uma partida repentina eu me encolho e faço dos meus braços minha armadura em volta do meu peito.

E quando a pessoa vai vencendo minhas desconfianças, vai mostrando que é daquele tipo que ama mais ouvir que falar, que tem um coração grande que me caberá lá dentro, vou me abrindo mais, deixando que veja aquele lado que escondo do mundo e explicando alguns dos traumas que me fizeram ser assim tão preservada. Então quando vou percebendo que meus extremos não assustam, e que meus abismos e precipícios não parecem drama para a pessoa, eu solto aquele ar que estava preso e digo que foi maravilhoso ter essa chance de conhecer alguém tão especial.

É tão lindo ver que nosso riso pode entrar em harmonia com outro, que dois corações que já sofreram antes podem se juntar, complementar e torcer um pelo outro. Vai até adquirindo manias, expressões, planos e vontades, vai andando lado a lado de alguém que tem sonhos parecidos com os seus e te apoia quando quer fazer o impossível. O mais incrível ainda é saber que tem alguém ali disposto a ouvir teus relatos e não te condenar, mas ouvir com paciência e buscar te dar os melhores conselhos.

O triste é ver tudo isso desmoronar. Ás vezes são brigas bobas, palavras mal dias, segredos não revelados, pessoas novas que surgem e vão separando o inseparável, e em alguns casos é a distancia física e emocional que vai afastando aos poucos e quando se percebe já acabou o que tinham. E dói no peito, aperta, arde, sufoca. Quer chorar e se sente culpado, quer voltar e não tem coragem, quer gritar e tem medo de parecer louco. Tudo porque você amava aquela companhia no seu dia, poder desabafar, rir, cantar, dançar, e ser feliz, ser triste, ser depressivo, ser maluco, sem a pessoa te deixar por essas coisas.

Por isso dói tanto porque sabe que a pessoa é insubstituível e que você vai continuar se lembrando dela o resto de sua vida, e a dor vai diminuir com o tempo, porém ela não some, apenas é anestesiada por novas companhias. E aqui entra o ato de se humilhar um pouco, deixar de lado aquilo que chama de ego, de dignidade e ir atrás correndo o risco de alguém bater a porta na sua cara. Mas tem que ir, tem que tentar de novo, porque é absurda a ideia de deixar para lá alguém que te marcou, que te fez feliz em tantos momentos e agora tratar toda a relação como lixo descartável.

Corre mesmo, vai lá, dê a cara ao tapa, pelo menos daqui um tempo poderá olhar para trás e dizer a si mesmo que fez tudo que podia para reatar. Conte como a relação significava para você, seja sincero e desabafe seu medo de ficar só, mas principalmente o medo de estar numa multidão e essa pessoa não estar ao seu lado segurando sua mão. Por favor, não deixe o amor ir embora sem lutar por ele. Seja amor de mãe, pai, irmão, tio, primo. Seja amor de namorado, noivo, marido. Seja amor de melhor amigo, colega de sala e vizinho. Mas não deixe ir sem entrar na batalha para recuperar. O seu coração vai te agradecer por tentar.

Além de que a pior solidão é aquela causada pelo orgulho, quando você deixa ir porque não pode perder uma parte de si mesmo. Por isso tudo prefiro ser a pessoa dita como sem amor próprio do que aquela que conhecida como o ser mais orgulho e sozinho desse planeta, porque eu sei o quanto dói estar só e saber que causou isso a si mesmo por motivos idiotas. Assim, irei tentar, entrar em batalhas, me ferir em espinhos, mas nunca, nunca mesmo, deixarei alguém ir sem que eu tivesse a chance de dar um último adeus e pedir para que fique mais um pouquinho.

Agora deixe ir aquele alguém por quem você lutou e não quis reatar o laço.

Eu havia dito a você para lutar, para insistir, para correr atrás. Eu te disse que o orgulho não devia ser maior que o amor, que segundas chances são sempre bem vindas e que a solidão é o pior dos sentimentos. Então você foi lá e lutou, insistiu e correu atrás. Acabou se humilhando demais ao mendigar um amor raso que nunca te mereceu, mas eu te pedi para ir porque você merecia ter todas as provas de que aquilo já acabou. Eu não queria te ver futuramente reclamando por não ter feito tudo que estava ao seu alcance, dizendo vários “ e se” como se tivesse culpa do fim.

Mas sabe o que eu ouvi ontem? Que o olá e oi que recebemos são apenas adeus que estão por vir, como se a despedida fosse algo inevitável e nada durasse para sempre. Porém não sou tão pessimista assim, acredito sim que um amor pode durar e que duas pessoas podem ficar juntas o resto de suas vidas, mesmo que no meio desse relacionamento haja feridas, brigas e até mesmo traições. Porque já vi casais de idosos que ainda se amam como se tivesse pouco tempo de casados, e olha que entre eles já aconteceu muita coisa ruim, porém tiveram fé para tentar reconstruir algo que estava totalmente quebrado.

Por isso eu queria te ver tentar porque achei também que aquela fase ruim iria passar e você seria feliz logo depois da batalha, mas o que eu percebi é que você estava lutando só o tempo todo, estava empurrando essa relação com as duas mãos porque a outra pessoa não se importava tanto quanto você. O outro parece que no começo queria te conquistar porque você tinha algo que ele queria, então quando conseguiu resolveu ir embora e bater a porta na sua cara. Seu rosto doeu ao dar de cara com a madeira gasta, chamou tanto e ele não veio te atender. Então agora está mais do que na hora de deixar isso ir, concorda?

Porque seu sorriso é lindo e cansei de te ver chorar, seu coração estava inteiro e agora está em pedaços e quem te feriu se recusa a te curar. Já chega, não é? Sim, já chega! Você nunca botou seu orgulho maior que seu amor, nunca se doou pouco na relação, mas se deu por inteiro, nunca deixou a briga falar mais alto que o som dos beijos entalados. Você fez tudo que poderia ter feito e ainda foi além, fiquei tão surpresa por isso, não pensava que ainda existiam coisas a serem feitas. Mas você foi e fez o impossível acontecer para no final não receber absolutamente nada em troca.

E até mais do que na hora de se amar mais que amava aquela pessoa. Mas quero que perdoe toda falha, machucado e dor porque você merece viver com a alma em paz, não pode ficar se atormentando por erros cometidos, por isso perdoe e dê o que ninguém merece, provando que é mais especial do que pensavam. Lembra-se de Jesus? Ele foi pregado numa cruz e ainda pediu para Deus perdoar aqueles que o botaram ali. Já imaginou um amor assim capaz de perdoar até mesmo quem O queria ver morto? Por isso Jesus pediu que amássemos como Ele porque assim você conseguirá perdoar o imperdoável.

Não digo que será fácil pensar naquela pessoa sem dor, raiva ou ressentimento. Ainda vai doer durante um tempo que pode ser curto ou longo, ainda vai chorar umas noites, ouvir músicas tristes, ler livros de autoajuda sobre relacionamentos fracassados, mas tudo isso vai passar, eu sei que vai. Você é mais forte do que essa pequena derrota, ainda tem uma vida inteira pela frente e é por isso que não pode continuar nesse amor que já foi embora. Precisa caminhar e ir em frente, sempre em frente. Você merece mais que você recebeu e agora é sua chance de se reinventar, ser tudo que queria e a pessoa não deixava.

Seja amor, seja carinho, seja perdão, seja felicidade. E abra mão do antigo amor para receber um novo alguém em breve. Você é tão jovem, e não estou falando só de idade, mas a sua alma tem muita vida e quer sair dessa jaula onde você entrou. Sei que essa é a sua zona de conforto já há algum tempo, porém precisa sair agora e ver como o céu ainda é tão azul e está te esperando para te ver voar livremente. Porque o verdadeiro amor está em algum lugar das nuvens e ficar no chão não o irá encontrar. E não se preocupe se ele está com outro alguém porque Deus o guardou aonde ninguém achará a não ser você. O que é seu está protegido e esperando ansiosamente o dia que poderá te chamar de meu amor.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Tatielle Katluryn

Nessa existência já há 20 anos, com sangue Maranhense e coração pertencente ao céu. Sou cristã e estudante, apaixonada por livros do séc. XIX e Astronomia. Escrevo desde os 13 anos, mas nunca imaginei que a escrita faria parte da minha vida e hoje não passo um dia afastada das palavras. Mas nada disso é mérito meu, pois Deus me chamou para falar aquilo que Ele quer dizer as pessoas, para levar a paz a corações como o meu.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here