Casar ou comprar uma bicicleta?

Será que a mulher realmente sonha com o dia do casamento? O buquê de flores, o vestido branco, o noivo maravilhosamente bem vestido? Sim, sonha. Depois de duzentos anos de namoro você começa a pensar no futuro, nos filhos (dois, no máximo) e no casamento.

Mas o casamento está saindo de moda. E sejamos justos: a mulher do século XXI – pelo menos as mais moderninhas e atentas aos movimentos sociais de emancipação – está cada vez menos preocupada com o casamento. Bobagem, elas dizem. E, realmente, é um tremendo desperdício de tempo. Melhor comprar uma bicicleta.

Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades. Com o casamento, as responsabilidades são incontáveis. A solidão é a nova tendência e o casamento foi jogado para escanteio. Os filhos também, mas isso é detalhe. Tanto que está crescendo no Brasil e no mundo o número de pessoas morando sozinhas: é a família unipessoal.

Não se trata da solidão popular, que geralmente remete a tristeza e angústia. Trata-se, em primeiro lugar, de uma escolha. É a liberdade de manter relacionamentos alternativos e não cair na rigidez do casamento. Se é melhor ou pior, não sei. São formas diferentes de pensar a vida, o mundo e o futuro.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Valter Junior

Amante de café, boas ideias e mulheres de atitude. Adora conhecer pessoas, filmes e músicas novas. Fundador do Puta Letra. Pai de um livro, esperando o segundo bebê.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here