As coisas bonitas não precisam de explicação, assim como o amor.

Flores florescem pois há de florescer. O sol nasce porque há de nascer. Assim como o amor; acontece porque tem que acontecer. As coisas mais belas da vida não precisam de uma explicação, definições científicas estragam todo o enredo da tua vida.

Hoje, em pleno século 21, filósofos, psicólogos e alguns poetas tentaram dissertar sobre o amor. Cada qual com sua distinta opinião sobre este sentimento inexplicável. Entendeu, “inexplicável.” Amor é bonito e vem quando menos se espera. “Feliz de quem encontra o amor e de quem o amor faz descoberta.”

Amor se sente, jamais se entende ou se explica. Amor é um conjunto de perguntas sem respostas. Amor é simples e recíproco. Amor é vida.

A gostosura do amor quando se é vívido, ultrapassa qualquer dubiedade ou questionamento. Amor é vida. Então viva. Seja semeador e propagador deste sentimento livre. “Amor não tem grades, amor é grande demais. Quem ama, morre de saudades. E só sentiu saudades, quem conheceu um pouco do amor.

Não tente entender todas as coisas belas da vida, pois a mesma – digo, a vida – se torna mais formosa quando você escolher sentir ao invés de entender. Viva,sinta, ame, cresça,amadureça.

Saiba que as coisas boas vem de qualquer forma.

Não se questione quando, nem onde. Apenas viva e sinta a brisa que bate no teu rosto na varanda do teu apartamento. Assim como o vento que te encontra em cada manhã, o amor te encontrará também, e todos teus receios e dúvidas serão apagados quando as coisas belas da vida preencherem teu peito esquerdo.

Como diria o Hugo Rodrigues:

Amor é viver, mas bom mesmo, deve ser morrer de amor.

Imagem de capa: Mikhail_Kayl, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Pedro Ficarelli

Apaixonado pela poesia feminina. Acredito fielmente que o amor seja o infinito que resolveu morar no detalhe das palavras. Muito prazer, eu me chamo Pedro Ficarelli, e escrevo com o único intuito de pôr palavras onde a tua dor se faz insuportável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here