Por que personalidade e estilo têm tudo a ver?

Já percebeu como a maneira como nos vestimos diz muito sobre nossa personalidade? E não apenas sobre a personalidade, mas também sobre como estamos nos sentimos em um dia específico. Já aconteceu de você “separar” um roupa pra vestir no dia seguinte e, ao acordar, perceber que não quer usar aquela roupa, que ela não combina com seu dia ou com seu humor? Esse simples fato representa o quanto exteriorizamos nossas ideias, sentimentos e traços pessoais por meio das nossas roupas. Por essa razão é tão importante nos conhecermos e nos sentirmos confortáveis e seguros com o que escolhemos vestir.

Seguindo essa ideia, é essencial prezarmos pela autenticidade do nosso estilo, ou seja, irmos além da moda ditada ou da tendência da estação, mas vestirmos o que realmente é genuíno à nossa personalidade e aos nossos sentimentos. Esse processo é bastante simples e orgânico: nosso interior tem a capacidade de se exteriorizar para o mundo. Sendo assim, somos capazes de nos expressar psicologicamente, por meio de humor e comportamento, e também fisicamente, por meio das músicas que ouvimos, das tatuagens que fazemos, dos acessórios que escolhemos e, claro, das roupas que vestimos.

Quanto mais nos auto conhecemos, mais fácil é transmitir essa autenticidade, justamente porque autoconhecimento traz segurança, e quando estamos seguros, nos sentimos confortáveis com nossas escolhas e expressões – nos importamos menos com que os outros têm a dizer e mais com o nível de paz e bem estar dentro de nós mesmos. É nesse momento que nossa postura em relação a diversos aspectos da vida se altera.

calça interna

 

Além de essa segurança ser manifestada nas nossas roupas, ela também se manifesta nas nossas ações e na maneira como escolhemos lidar com outras pessoas, com desafios e com conflitos interiores. Torna-se mais simples aceitarmos quem realmente somos e caminharmos em busca dos nossos objetivos, desbloqueando tudo o que está dentro da gente, que está perto do nosso coração, e nos conectando com nosso interior para que ele se exteriorize. Passamos a alinhar alma, mente e corpo, de modo que todos estejam em sintonia. E passamos acreditar que a mudança exterior sempre começa dentro de nós mesmos.

Todas essas ideias são muito ligadas ao budismo, doutrina que se concentra na Ásia e tem se expandido cada vez mais para diversos outros países, inclusive o Brasil – talvez isso esteja acontecendo justamente porque as pessoas estão sentindo falta de conexões intensas, verdadeiras e realmente profundas. Uma das mensagens do budismo diz que “conquistar a si mesmo é uma tarefa maior do que conquistar os outros.” O que isso quer dizer? A partir do momento que nos sentimos bem com nós mesmos, fica fácil nos relacionarmos com qualquer outra pessoa.

Quem também vem da Ásia e também acredita em autoconhecimento, conexão interior e autenticidade é a Calça Thai, a primeira loja online a vender calças tailandesas no Brasil. A Calça Thai segue os conceitos de comércio justo, construindo uma empresa consciente, com produtos naturais, produtores locais e uma cadeia de produção limpa, justa e responsável. Ela também acredita na liberdade de expressar seu estilo com a confiança e atitude para ser seu verdadeiro eu.

”Através da leveza e das cores das nossas calças, todas feitas à mão com tecidos finos selecionados, queremos representar muito mais do que uma peça nova no seu guarda-roupa. O que buscamos mesmo é trazer um novo conceito de estilo de vida, possibilitando todo o movimento que os seus dias exigem, construindo uma jornada leve e responsável e trazendo um novo olhar à indústria da moda.”

Esse texto foi escrito pela equipe da Calça Thai esperando que cada leitor se conheça e se encontre cada vez mais, sendo capaz de manifestar seu verdadeiro eu não apenas por meio de roupas, mas por meio de cada expressão.

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA