A palavra cria

A verdade é que nós não paramos para nos perceber. Nossos olhos olham para fora. É preciso fechar os olhos para o verdadeiro despertar, que não se dá num clique, mas durante o caminho, enquanto caminhamos.

E as palavras que falamos tem um peso muito forte em nossa vida. Nós cocriamos não só nos pensamentos, nas atitudes, mas também nas afirmações que fazemos constantemente. Se eu vivo dizendo que “tudo de ruim acontece comigo” “Sou sempre eu que me ferro.” “Eu tenho muito azar.” Sabe aquela síndrome do “sempre eu”? Ela é perigosa e traz o mundo pra pendurar em nossas costas.

Não percebemos que estamos criando uma realidade próxima. Esquecemos que temos sim esse poder. Se a gente continuar dizendo “Tudo de ruim acontece comigo”, é o que vai continuar acontecendo. Então vamos prestar mais atenção em nossas palavras e cuidar bem delas, inverter essas frases negativas para positivas.

Que tal falar mais “Eu sou muito abençoado. Tudo dá sempre certo para mim.” Eu digo muito isso e vejo lindas bênçãos chegando em minha vida. Claro que existem desafios, mas as palavras podem nos ajudar até a manter a fé de que mesmo que tudo não esteja bem agora, logo mais tudo passará, porque sempre passa.

Cuide bem das suas palavras, cuide do que você fala.

COMPARTILHAR
Meire Oliveira
Meire Oliveira é Escritora, Poeta e Coach de transformação. Amante das estrelas e das estradas. Autora dos livros Pintando Borboletas e Vai Com Fé que Flui. Conjuga o verbo escrever com vários outros juntos: ama, sente, vê. Por isso nasce e renasce em palavras que palpitam nela.



DEIXE UMA RESPOSTA