O que eu quero te dizer

Sei que parece meio impossível, mas eu sentiria sua falta mesmo sem te conhecer. É sério. É como se durante toda a vida em algum lugar dentro de mim tivesse um vazio, mas não aquele tipo de vazio que dói, aperta, e dói de novo e a gente se contorce pra ver se a dor passa. Não. Um vazio bonito, um vazio cuja existência servia para ser preenchido por você e ele já sabia disso, antes de mim.

E você precisa saber… Você precisa saber que seu jeito de sorrir sempre com esses olhos verdes é fascinante… Não deixe nunca de sorrir assim. E tem também esse seu jeito de ver o lado bom das pessoas e das coisas. Eu tentei mudar um pouco isso em você, mas não por não gostar e sim por ter medo de que se aproveitassem dessa sua forma tão bonita de ver tudo e todos. Nunca conheci alguém com mais esperança nas pessoas do que você. Eu podia te dizer as piores coisas sobre alguém, que você tentava analisar a vida inteira da pessoa buscando justificativas para ela ser daquele jeito. Quem hoje em dia faz isso? Quem? Você é única.

Sei que podemos não ser pra sempre, apesar de achar que somos há muitas vidas, e por isso preciso tentar te dizer o que às vezes não digo. Eu gosto quando você me olha nos olhos rindo o tempo todo, e como fica séria quando é preciso. Até com a “cara fechada” você é bonita, como pode?

Me surpreende como você consegue se empolgar tanto com um filme ou um livro e falar deles como se fossem as melhores coisas do mundo, e os tratam com tanto amor e respeito. Cuida dos livros como se fosse parte de você, assisti a filmes como se fosse sua extensão. Você é letra pura e eu sempre fui mais razão. Tenho palavras apenas em pensamentos, não consigo transformá-las em textos bonitos iguais os que você escreve com tanta paixão naquele caderno do pequeno príncipe que te dei.

Te digo com toda a certeza, por tudo o que conheço e já vi no mundo… Eu te amo, acredito que as coisas possam ser melhores porque você existe. Sua existência torna o mundo um lugar melhor, e lá no fundo acho que as pessoas sabem disso.

Tudo o que eu quero é que você saiba do que é. Sei que é segura, independente, e sabe o que diz e faz, mas não é isso. Quero que saiba da beleza que é te ver sorrir quando o Sol brilha em seus olhos e o quanto me dói te ver chorar em noites chuvosas. Quero que entenda o quão especial e única você é por ainda gostar de andar de mãos dadas, abraçar, olhar nos olhos quando fala. Isso é raro. Não se sinta uma borboleta no aquário por ser assim. Sinta que você me preencheu de uma forma singular, que tudo o que eu precisava você trouxe. E por isso eu sou eternamente grato.

COMPARTILHAR
Isabella Gonçalves
Formada em Direito, apaixonada por livros, pessoas e céu cinzento. Escrevo porque gosto e quando quero. Inconstante, dramática, sonhadora. Vejo 100 onde há um. Vejo um onde há 100 vazios. Confiável, confiante, e que siga a vida! Adiante...sempre.



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA