Existem mil maneiras diferentes de dizer ‘eu te amo’

Essas três palavras tão simples, mas tão difíceis de dizer, podem ser expressadas de diferentes formas: através de um abraço, preocupando-se com o outro, cozinhando uma comida favorita, indo ao cinema e vendo um filme do qual não gostamos, etc. Ou seja, um ‘eu te amo’ é um abraço, um tempo em silêncio, perguntas que demonstram ao outro que o escutamos ou ajudar quando a pessoa que amamos se sente atormentada.

Um sentimento pode ser demonstrado tanto com ações quanto com palavras. No entanto, costumamos acreditar que apenas através da linguagem se pode “falar” de um sentimento. Isso não está correto, porque se prestarmos atenção às atitudes do outro poderemos descobrir o que ele realmente sente. Existem milhares de maneiras de dizer ‘eu te amo’ sem necessidade de usar essas três palavras.

O que significa um ‘eu te amo’

Quando estamos num relacionamento novo e já levamos algumas pancadas do amor, demoramos um pouco para revelar nossos verdadeiros sentimentos. Começamos com um tímido “eu gosto de você” e apenas dizemos ‘eu te amo’ quando temos muita certeza dos nossos sentimentos.

Dessa maneira, além de nos protegermos, parece que ao não revelarmos nossos sentimentos não colocamos no outro o compromisso de dizer que os compartilha. Começa dessa maneira e o silêncio se mantém, e assim seguem passando os dias, as semanas e os meses.

Embora cada pessoa tenha sua hora de dizer ‘eu te amo’, a verdade é que essas três palavras guardam no seu interior muito mais do que afeto. Simbolizam um compromisso, uma aposta, um passo que talvez ainda não estejamos dispostos a dar, mas que muita vezes gostaríamos.

Como dizer ‘eu te amo’ sem usar essas palavras?

Não somos feitos de pedra, nem somos robôs sem sentimentos. Então, não criar coragem para expressar esse sentimento com palavras é outro tema completamente diferente. Talvez você pense que a única maneira de expressar o amor que você sente pelo seu companheiro, seus pais, seus amigos ou seus avôs é com essas “três palavras mágicas”.

No entanto, existem milhares de formas diferentes de demonstrar o afeto, o carinho e o amor. Baseiam-se nas atitudes que temos em relação aos outros, em como nos preocupamos com eles e queremos que estejam bem. As ações do dia a dia podem expressar mais o que sentimos do que o hábito de pronunciar “eu te amo” constantemente.

“Como foi o seu dia?”, “Dirija com cuidado”, “Não se esqueça de levar um casaco”, “Preparei a lasanha do jeito que você gosta”, “Você escolhe o filme”, “Você dormiu bem?”, “Eu me encarrego de levar as crianças”, “Fique na cama e eu te levo o café da manhã”, “Você ficou tão bonita com essa saia”, “Comprei os remédios que o médico lhe receitou”, “Você quer uma carona?”, “Você fez um excelente trabalho”, “Que jantar maravilhoso”… e a lista poderia continuar.

Viu como é simples demonstrar aos outros que os amamos? As ações são tão valiosas como um ‘eu te amo’ repetido entre temores e preconceitos. Com certeza você conhece o ditado que diz que “uma imagem vale mais do que mil palavras”. Nesse caso diríamos “uma boa atitude é boa e melhora quando acompanhada de três simples palavras e de ações que refletem o que elas expressam”.

Dizer ‘eu te adoro’ ou ‘eu te amo’?

Muitas pessoas dizem que ‘eu te adoro’ é um passo anterior ao ‘eu te amo’. Outros afirmam que a primeira frase tem um sentido de posse e a segunda de entrega. A verdade é que de uma forma ou de outra estamos expressando o que acontece em nosso interior.

Não se sinta envergonhado ou coibido em dizer qualquer uma dessas duas frases milagrosas, únicas e maravilhosas. Você se sentirá realmente feliz e fará o outro feliz. Mas também lembre-se de que “as palavras são fracas diante do vento” e para que elas contribuam para deixar mais sólido um relacionamento devem ser acompanhadas de ações.

“Sinto sua falta”, “Cuide-se”, “Tenha uma boa noite”, “Estava pensando em você”, “No forno tem comida pronta”, “Avise-me quando chegar em casa”, “Leve um guarda-chuva”, “Quer que eu prepare um café?”… de qual maneira você dirá ‘eu te amo’ hoje?

via A Mente é Maravilhosa

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA