8 segredos de casais felizes

Sempre quis saber qual era o segredo daquele casal que você conhece e que vive super bem e feliz juntos? Desvendamos oito desses segredos para que você também possa ser parte de um casal feliz e satisfeito com a relação.

1 – Eles se tratam com carinho

Pode parecer até meio bobo um casal ficar se chamando por nomes fofos e carinhosos, mas felizmente esse é um sinal de que a relação entre os dois é saudável. Usar esses apelidos carinhosos remete a uma época feliz da vida – a infância – que a pessoa teve ou gostaria de ter tido.

Esse tipo de comunicação entre o casal faz também com que ambos se permitam abaixar a guarda um pouco e agir de forma mais leve, como uma criança e isso pode fazer com que os dois fiquem mais à vontade juntos. Sendo assim, não há duvidas de que esse carinho é essencial na vida de um casal feliz.

2 – Eles passam tempo juntos

Quando a loucura da paixão passa, o casal que procurar coisas para fazerem juntos tem muito mais chances de ter um relacionamento harmonioso e duradouro. De acordo com uma pesquisa, a quantidade de diversão que um casal tem, tem forte influência na felicidade de ambos como um casal e também na satisfação que os dois tem quanto ao relacionamento.

Por isso, invista no seu relacionamento, passe tempo com o seu companheiro e façam coisas juntos. Casais felizes cozinham juntos, passeiam juntos, veem filmes juntos e também saem de enrascadas juntos – isso tudo traz uma série de emoções que os mantém ligados – porque é bom estar ao lado de uma companhia agradável e divertida que topa as atividades mais loucas.

3 – Eles mantem contato com a família

Manter o contato com familiares é um hábito excelente e deve ser sempre encorajado. Isso mantém a sensação de conforto que a família traz e evita aquele desespero que os primeiros anos longe dela morando com seu companheiro podem trazer.

Se entrosar com a família do seu companheiro e se tornar parte dela gera sentimentos positivos para o casal, desde que não hajam conflitos – como quando a sogra não gosta da nora e vice-versa.

Mesmo nesses casos, vale a pena ser compreensiva e tentar cativar os familiares do seu parceiro sendo doce e evitando guardar mágoas.

4 – Eles não discutem por coisas pequenas

Casais felizes não perdem tempo discutindo porque um lavou uma louça a mais que o outro querendo dividir todas as responsabilidades de forma milimetricamente igual. Muitos casais acreditam que cada um na relação deve se dedicar 50% nas atividade diárias, enquanto na verdade, ambos devem se dedicar da melhor maneira possível.

5 – Eles argumentam de forma construtiva

Casais felizes sabem argumentar de forma não ofensiva. Eles sabem que quando a discussão está chegando em um ponto onde um pode começar a magoar o outro, é a hora de parar e deixar o assunto esfriar por um tempo. É esse tipo de controle, na hora do desacordo, que mantém casais felizes e juntos por mais tempo mesmo discordando de uma ou outra coisa em determinados momentos.

6 – Eles trocam mimos e presentes

Casais satisfeitos se presenteiam, seja com mimos , com notas carinhosas na beira da cama ou com frases gostosas de dizer um para o outro. Esse tipo de carinho e dedicação une ainda mais um casal e mantém o romantismo vivo. Mas o presente não pode estar ligado à uma recompensa, por exemplo, não dê um presente só porque você quer que ele aceite algo que você vai pedir logo em seguida. Faça isso como um carinho gratuito.

7 – Eles tentam manter o senso de humor

Segundo especialistas, o senso de humor entre o casal é uma das coisas que mais ajuda a manter os dois juntos por muito tempo. Se conseguem ter uma sintonia capaz de mantê-los bem humorados, fazer piadas e rirem juntos, isso é um grande sinal de que ambos se sentem confortáveis e a vontade juntos.

8 – Eles se apoiam mesmo quando um deles está na pior

Quando um dos dois erra, o outro não o julga e condena – o outro apóia e é companheiro nesse momento difícil. Esse é um dos segredos de casais que tem tudo para viverem felizes juntos por muito tempo. Ninguém é perfeito e precisamos respeitar e apoiar o outro quando ele falha.




DEIXE UMA RESPOSTA