Você já tomou um chá de cuidado?

Você já tomou café com delicadeza?

E um chá de cuidado?

Já comeu uma comida feita de vida?

Já provou um pão de amor?

Café com delicadeza é aquele feito com a água filtrada que acabou de levantar a primeira bolha de fervura. E a gente joga um pouco da água quente na garrafa térmica e nas xícaras antes de começar a coar. Coloca uma quantidade boa de pó no filtro, o suficiente para o café ficar encorpado mas não muito forte e mistura uma pitada de canela em pó, ou umas sementinhas de cardamomo, dependendo do dia, é bom olhar pela janela para decidir que tempero combina. E a gente degusta sentado na mesa, com toalha posta, olhando nos olhos de uma boa companhia.

Chá de cuidado pode ser feito de camomila, capim cidreira, casca de romã, folha de oliva, pétalas de rosas… É um chá de empatia, feito por quem sabe ler corações e transformar momentos ao escolher a melhor poção. É um chá com um toque de gengibre quando a gente está com gripe, é um chá de mistura de ervas quando a gente está com o peito apertado e nem sabe bem o porquê. É um chá feito pra você, colocado nas suas mãos num dia que tudo parece sem salvação.

Comida viva é aquela que vem com boa intenção. Feita devagar, feita com atenção, cheia de ingredientes secretos e deliciosos. Um alho fritinho no feijão, um arroz que descansou, uma salada com um molho de balsâmico, azeite e mel. Comida viva é aquela montada no prato de um jeito bonito, é um tomate colhido no quintal, é uma mistura de cores e cuidados. Alimenta o corpo e a alma.

Pão de amor é aquele amassado com as próprias mãos, com jeito e carinho. Pão de grãos, mistura de farinhas, uma boa proporção, um fermento bom, e muita paciência e quietude, para que tenha tempo de crescer em toda sua possibilidade de amplitude. Pão que descansa e faz meditação. E quando sai do forno começa a espalhar cheiro de felicidade e harmonia. Pão que amacia por dentro e sustenta.

Já reparou que diferença fazem as delicadezas da vida?

Já reparou como temos o poder de mudar os ambientes quando damos um pouco de atenção?

Já reparou como é importante o agir com gratuidade e gratidão?

Colocar um pouquinho de cuidado em cada ação, sem precisar ser dia de aniversário, sem precisar fazer tudo isso por obrigação ou pensando em conseguir algo em troca.

Colocar essas boas intenções no mundo, diariamente, e devagar aprender a amolecer corações.




DEIXE UMA RESPOSTA