Não espere até ser tarde demais

A conversa dela é suave e macia feito sussurro ao pé do ouvido. Basta um simples toque dos dedos dela em sua nuca para que todos os pelos do seu corpo comecem a se eriçar. Quando você olha pra ela, é como se nada mais ao redor existisse, como se o mundo entrasse em pausa diante dos olhos e dos cabelos dela. Ela te paralisa com um simples sorriso e nem precisa estar nua pra isso.

Somente ela consegue te fazer um cara melhor e você sabe disso. Mesmo nos momentos mais turbulentos ela conseguiu pôr sua cabeça no lugar, te acordando pra vida e mostrando que as coisas não eram assim ou assado. Foi ela quem te ensinou que mulher não é apenas o nome que se dá à pessoa do sexo oposto ao seu, que sonhos foram feitos para serem realizados e que amor é muito mais que uma simples palavrinha de duas sílabas.

É, meu amigo, se você ainda acha que ela ainda não é a pessoa certa, volte cinco casas até chegar ao momento em que os dois se beijaram pela primeira vez e você sentiu seu peito arder como se estivesse em brasa viva.

Admita que é por ela que você levanta cantarolando no domingo de manhã, criando notas mentais que mais tarde se transformarão em calorosas e bem humoradas declarações por mensagens de texto ou pessoalmente.

Na boa, amigão, se só agora você sacou que a mulher do texto é essa que está seu lado, não se assuste, ainda há tempo. Levante a sua bunda dessa cadeira (cama, mesa, sofá ou privada), vai lá e lhe dê o beijo mais saboroso que você já deu em alguém na sua vida (eu sei, já foram tantos aqueles dados pra impressionar, mas se esforça aí, você consegue) e diga a ela aquilo tudo que você acha que ela já sabe.

Quem disse que não vale a pena repetir? Certas coisas foram feitas exatamente pra isso, pra serem repetidas e repetidas e repetidas… Tipo o sexo.

Se preferir, não diga nada. Apenas a abrace com ternura e firmeza, como se estivesse segurando o seu maior tesouro, até porque é bem possível que esteja mesmo. Mas vai com calma, não precisa apertá-la a ponto de quebrar uma costela, tá? Só o suficiente pra que ela perceba como vocês dois se encaixam perfeitamente nos braços um do outro.

Apenas faça-a ter certeza de que você compreende que sem ela você ainda continuaria existindo e que a vida ainda teria sentido e tal, mas que ela, a vida, seria no mínimo um pouco mais sem graça, sem cor e com gosto de remédio, igual a uma jujuba branca.

Acho que por enquanto é isso, fera. Esquece esse lance de guerra dos sexos e vai ser feliz.

PS: se ela te pediu pra ler esse texto e está agora mesmo do seu lado, reparando em cada reação sua, relaxa, parceiro. Eu não quero ser e não sou melhor que você; isso aqui é apenas um papo qualquer, do tipo que poderíamos ter em qualquer mesa de qualquer bar desse mundão de Jeová dos Desertos. Tudo o que eu quero é que você não perca a oportunidade de perceber que você já tem a garota perfeita contigo, ok?

COMPARTILHAR
Jocê Rodrigues
"É escritor e editor".



DEIXE UMA RESPOSTA