16 Lições de vida que podemos aprender com Forrest Gump

Por Gustavo Paulillo

Há um tempo atrás, tivemos o 20º aniversário de um dos filmes mais amados e divertidos de todo o mundo: Forrest Gump.

Este filme é fabuloso e igualmente engraçado, inspirador, além de ter o poder de partir nosso coração, em alguns momentos.

Mas, por trás dessa bela história existem algumas lições de vida que podem ser aprendidas a partir deste fabuloso filme e não apenas sobre chocolates e corrida.

Aqui estão as sábias lições de vida que Forrest Gump nos ensinou.

ForrestGumpTomHanksLSParamount_article_story_large1. Não tenha medo de ser honesto

Forrest sempre deixa escapar tudo o que está em sua mente, e isso acaba atingindo a todos ao seu redor, além de ajudar os outros a perceber algo enorme sobre si mesmos.

Às vezes a sua honestidade pode ser levemente ofensiva, mas ninguém realmente se importa, porque ele sempre quer o bem das pessoas ao seu redor.

2. Não importa com quem você está falando

Se é a senhora no ponto de ônibus ou o presidente dos Estados Unidos, Forrest trata a todos exatamente do mesmo jeito – com igual respeito, mas também com a mesma honestidade.

Ser bajulador não existe no mundo de Forrest, porque não importa o status, pessoas são pessoas.

3. Diga sempre às pessoas que você se preocupa em como eles se sentem

Forrest nunca hesita em demonstrar e expressar seu afeto por aqueles com que se preocupa. Ele demonstra seus sentimentos e todo mundo que importa para Forrest sabe que eles são importantes para ele.

Mostre às pessoas que você se preocupa com elas.

Mostre às pessoas que você se preocupa com elas.

4. Não tenha medo de amar

Assim como ele não tem medo de expressar seus cuidados para com os outros, ele não tem medo de amar profundamente, do fundo de sua alma.

Ele não tem medo de se machucar, e ele não pensa demais – ele apenas ama. Muita gente poderia aprender com essa simplicidade.

5. E não tenha medo de perder

Forrest vivencia várias mortes daqueles com quem ele se importa.

Assim como todas as outras emoções, sente a sua dor forte e pura. Ele não deixa nada de fora, mas enfrenta de frente, ao visitar seus túmulos e conversando com as pessoas normalmente. Ele enfrenta a morte com o conselho de sua mãe: como uma parte da vida.

6. Tentar sempre coisas novas, porque você pode ser ótimo nelas

Alguém pede para Forrest jogar ping pong. Ele pega a raquete e faz isso – e ele permite que seus talentos naturais arrasem.

Afinal, como saber no que você é bom, se você não tentar?

7. Mas se você não for, tudo bem

Bem, pelo menos você tentou.

8. Às vezes, você só tem que fazer a coisa certa, mesmo quando todo mundo diz para você não fazer

O Tenente Dan queria morrer no campo de batalha, mas Forrest não estava disposto a deixar isso acontecer.

Seu coração pode estar puxando você em uma direção, enquanto outros estão dizendo para você ir à uma rota oposta. Sempre confie em seu instinto. Só ele pode salvar a vida de alguém.

Sempre confie no seu instinto. E faça o que precisa ser feito.

Sempre confie no seu instinto. E faça o que precisa ser feito.

9. Nunca deixe ninguém lhe dizer que é melhor que você

Nunca.

10. O que significa ser normal, afinal?

Como a incrível mãe de Forrest nota, a sociedade dita o que é normal. Isso realmente não tem uma verdadeira definição – tudo é relativo.

Nunca se sinta como se você tivesse que ser normal. Fique orgulhoso de suas diferenças.

11. Você nunca sabe quantas vidas você vai mudar

O Forrest não dava a mínima para o normal, e veja o que aconteceu: ele fez o rei ficar famoso e ajudou alguém se levantar com um sorriso e uma mensagem no para-choque inteligente.

E ele não tinha absolutamente nenhuma ideia disso. Seja você mesmo, e lembre-se de que suas ações importam mais do que você imagina.

12. Cuidado com o que você diz, porque você não pode voltar atrás

Um dos momentos mais comoventes do filme foi quando Jenny rejeita proposta de casamento de Forrest, e ele relembra de um insulto particularmente cruel que ela tinha feito a ele há anos e anos atrás.

Pense antes de falar. As palavras podem ferir e as feridas demoram muito tempo para cicatrizar.

Tenha cuidado com o que você diz às pessoas.

13. Nunca faça verdadeiras amizades para ter privilégios

Amizades casuais vêm e vão, mas quando Forrest encontra pessoas que realmente se conectava, ele sabia o quão especial isso era, e ele não deixava que isso se perdesse.

14. Aprecie e compartilhe pequenas coisas

Em primeiro lugar, sorvete é incrível. Lembre-se sempre o quão incríveis são os sorvetes.

Em segundo lugar, sempre compartilhe as pequenas coisas com um amigo ou com algum ente querido, mesmo que essa pessoa em particular jogue suas ofertas em um penico.

15. Faça o que você ama

Viva a sua vida como você deseja. Participe de atividades simplesmente porque você quer.

Nem tudo tem que ter um sentido mais profundo, mas quando você começar a fazer o que você ama, vai desenvolver um sentido mais profundo em você mesmo.

16. Por fim, lembre-se sempre…

Minha mãe sempre disse que a vida é como um caixa de chocolates. Nós nunca sabemos o que vem a seguir“.

Deixe que essas belas lições guiem sua vida

As lições inocentes de Forrest nos mostram uma maneira autêntica e feliz de viver. Permita que elas entrem em sua vida e aprenda a ser você mesmo. Certamente isso vai fazer bem a você e a todos em sua volta.

Julgue-se menos, arrisque mais e, coloque amor em tudo que fizer. Amanhã pode ser tarde demais para começar.

*Fonte: Agendor blog

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA