A atriz Bruna Marquezine causou muita identificação em seu público após abrir o jogo sobre seu relacionamento com o empresário Enzo Celulari, filho dos artistas Claudia Raia e Edson Celulari.

Em entrevista para a revista Elle Brasil, publicada nesta sexta-feira (21), Bruna revelou como foi a decisão de contar aos fãs sobre a relação nas redes sociais: “Não faço mais posts de parabéns. Tenho preguiça, porque vem muita cobrança. Cheguei a perguntar pra ele: ‘Você está esperando um post meu?’ E ele disse: ‘Claro que não, pelo amor de Deus!’. Eu tinha bebido umas caipirinhas de seriguela ao longo do dia. Aí fui tomar um banho para a gente jantar e pensei: ‘Vou tentar escrever uma coisinha’. Se saísse algo legal, que seria como um carinho, aí eu botaria.”

Foto: Reprodução

Ela continuou contando sobre o dia: “Estávamos nós dois, a família dele e a minha, todo mundo junto. A gente estava muito feliz, algo muito real! Tinha brincando com ele, dizendo: ‘Você tinha que fazer aniversário no mesmo dia que meu pai, né? Óbvio!’ Aí escrevi isso e continuei. Quando acabei, mandei pra duas amigas e perguntei: ‘Eu sei que o amor é cafona, mas o quão cafona vocês acham que é esse texto?’ E elas responderam: ‘Se a gente lesse, ia pensar que você está muito apaixonada e que é uma declaração linda’. Aí publiquei. Foi assim, sem estratégia nenhuma, sem essa coisa de “assumir namoro” que saiu depois. A gente assume crimes e erros. Amor não se assume”, refletiu.

Bruna contou também como os dois se aproximaram durante a quarentena, que para ela era um momento super delicado: “Eu estava há uns quatro anos sem ter um namoro e fiquei muito bem sozinha, coisa que nunca tinha conseguido fazer.”

A artista revelou que antes mesmo de namorar com Enzo, já admirava o trabalho dele. Bruna continua dizendo que eles começaram a se falar quando ela decidiu ajuda-lo durante a pandemia.

Foto: Instagram

Por fim, a artista deu detalhes sobre a leveza da relação:

“Desde o início, foi muito leve, me fez muito bem. É um lugar onde me sinto muito segura e isso é tão bom… Foram muitas sessões de terapia para me acostumar com a paz de ter um relacionamento tranquilo. Às vezes, eu confundia isso com quase um tédio. Ficava em um estado de alerta. E aí? O que está por vir? Não tem alguma coisa errada? Não está faltando um sentimento? Ainda mais sendo atriz e atuando desde pequenininha, acho que apreciava as reviravoltas, a intensidade – essas cenas são sempre as melhores, né? E agora ter esse novo registro de amor, que desconstrói a ideia de que tem que ser pelo conflito, é uma delícia. É muito potente viver dentro de um relacionamento de respeito, de admiração, de tranquilidade”, completou.

Com infomações de Elle Brasil

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here