Com a apresentação de Fátima Bernardes, o programa Encontro desta segunda (24/5) teve horário reservado para ressaltar a importância do Funk, um dos três ritmos mais tocados no Brasil, e a música brasileira mais tocada no exterior.

MC Guimê esteve presente no palco, ao lado de Bernardes e comentou o sucesso do segmento, que transforma a vida de jovens da periferia. Além disso, lamentou a morte de MC Kevin.

Reprodução Globo

“O Funk traz muito esse poder de conseguir os nossos direitos, a música é o microfone, é o que nos representa (…) O Kevin representou muito a gente, se tornou uma lenda e deixou um legado bacana. (…) É um cara que correu muito pelo nosso movimento”, disse o funkeiro.

Junto com MC Fioti e MC Don Juan, o funkeiro destacou o legado de MC Kevin e ressaltou ainda a importância do apoio psicológico para aguentar o peso da fama instantânea.

“Eu já tive esses momentos, acho que todos nós, jovens, e ainda mais no funk, na música, chega tudo para a gente. Chega droga, chega bebida, quando a gente é solteiro chegam mulheres. Tudo aquilo mexe com a nossa cabeça. (…) Tem que saber a viver a vida um dia de cada vez”, completou Guimê.

Com informações de GShow

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here