Os casais que se divorciam amigavelmente, o fazem por diferentes razões. Algo, no entanto, que é quase um denôminador comum em relacionamentos que terminam de maneira pacífica é o fato de que, nesses casaos, a separação não fere as boas lembranças e o afeto que um sente pelo outro. E especialmente se essse ex-casal tem filhos juntos, a conexão para toda a vida, independentemente do status de relacionamento entre eles.

Kelly Hope é uma mulher de 43 anos que, apesar de ter se separado há mais de 5 anos de seu ex-parceiro, Dan Pyatt, continua disposta a ajudá-lo com qualquer coisa que ele precise.

Dan começou a ter um problema em seus rins e permaneceu por um ano entrando e saindo de hospitais. A única solução para o seu problema era encontrar um doador para um transplante de rim.

Depois de ficar em listas de espera e não receber nenhuma boa notícia, sua ex-mulher Kelly decidiu fazer o teste para ver se havia compatibilidade entre seus rins e os de Dan. Felizmente, os resultados foram positivos.

Apesar disso, Dan não queria expô-la a nenhum tipo de risco. “Ele me disse: ‘Eu não posso pedir para você fazer isso.’ Mas eu respondi: ‘Não é você que decide. É minha decisão. Eu sei quais são os riscos e eu vou fazer isso”, disse Kelly ao Mirror UK.

Não importava que eles não estivessem mais juntos, ela não permitiria que suas filhas perdessem o pai e estaria disposta a fazer tudo para ajudá-lo, afinal, ele é a pessoa a quem ela tanto amou e com quem compartilhou boa parte da sua vida.

Felizmente, o transplante foi um sucesso e agora eles compartilham o tempo juntos e o relacionamento entre eles se tornou ainda mais forte.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução/Nation.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here