Amadurecimento implica aceitar, amar e acima de tudo para fazer as pazes com o nosso “ser mulher”, já que há sempre a possibilidade de passar por um momento difícil, onde a escuridão dos problemas pode nos impedir de ver a saída e precisa deste encontro com nós mesmas, como ponto de partida, para reverter a situação. Desta forma, vamos evitar ficar de pé, ancoradas e superando a nós mesmas. É isso que tenta transmitir esta carta de uma mulher madura dirigida a você.

Como mulher, você entende que, socialmente, somos constantemente convidados a questionar o que significa maturidade em nossos corações. Ser bela eternamente, usar cosméticos para não envelhecer e superar o tempo são os pontos fundamentais de uma estrutura social que não nos permite amadurecer plenamente.

Para uma mulher que se aproxima da maturidade, é necessário encontrar um ponto emocional a partir do qual ela possa se conectar com sua alma, sua essência e suas memórias. Hoje, nós convidamos você a compartilhar uma linda carta de uma mulher madura feita na época, com muitos sentimentos para compartilhar e o que sempre podemos aprender.

Mulher corajosa para defender o que você acredita

Linda mulher por fora, bonita por dentro, com a pele tão maravilhosa quanto você. Corajosa para defender o que você acredita, mas aberta e respeitosa com outras opções. Foi assim que me senti nas intermináveis ​​e profundas conversas em que embarcamos. Defensora das crianças … você me ouviu com o coração, falamos com a alma…

Sempre disposta a ajudar. Exigindo de si mesma. Alegre, divertida, sorria lindamente onde estiver. Meticulosa, perfeccionista, atenciosa. Comprometida com o seu até o final. Mãe acima de tudo, também esposa, irmã, tia, filha.

Com esta carta de uma mulher madura para outra, indico que você ama o infinito, valorizando as pequenas coisas, vendo os corações das pessoas. Por isso recomendo-o nesta carta de uma mulher para outra mulher.

Assuma a responsabilidade pelo que puder

Mulher de caráter, emocional que ama e sofre ao mesmo tempo. Lembra? Assuma a responsabilidade pelo que puder, mais você não pode dar e se você não cuidar de si mesmo e ficar doente … você vai ficar doente e você não pode ajudar. Cada um de nós tem que assumir nossa pessoa e seguir em frente.

Os suportes? A família quase sempre, economicamente, emocionalmente, nos querendo muito sem julgar, mas quem anda é sempre. Culpando os outros, jogamos bolas longe, evitando olhar para nós. Quão ruim é a inveja! Eles dizem Sim!

Se deixarmos isso se espalhar, mas vai ficar só para quem tem, e eu não quero isso, obrigada. No entanto, eu adoro a sua alegria, a sua vontade de viver, a sua força mesmo se você se sentir fraca… , eu permito que ela entre em mim.

Vouchers para o que você é, não para o que você trabalha

Eu gosto disso, eu provo isso e me transformo em um sorriso quando penso em você. Você é tão deliciosa e requintada quanto seus bolos, em textura, suavidade, apresentação, trabalho e bom gosto! Siga o seu caminho e não desanime. Você não vale apenas pelo que trabalha, mas pelo que você é, porque se você não fosse assim, não o faria tão bem.

Vou lembrar com amor e emoção a história da árvore. Uma árvore plantada lembrando a vida. O corpo se foi mas a alma não é esquecida. Você pode vê-lo em uma folha, em uma fruta, na raiz, em uma semente, em uma estrela. Desde que se lembre dessa árvore, ela não morrerá. Sempre se reinventará e só crescerá.

Bem, o que mais te dizer coração. Que estou muito feliz que nossas estradas tenham se encontrado. Há sempre boas pessoas andando … você só tem que estar bem para vê-las e você é uma delas. Muitos, muitos abraços com toda minha energia positiva que é fundada com a sua e nunca te deixam. Eu te dou todo o meu amor e compreensão que o seu é, o seu é.

Espero que esta carta de uma mulher para outra tenha permitido que você veja o que até agora você provavelmente não sabia. Dê-lhe o valor que você merece, respeitando-se, mimando-se, crescendo …

Até sempre.

Fonte indicada: lamenteesmaravillosa, texto adaptado
imagem de capa: pexels

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here