Pode ser que você o encontre, pode ser que não.
Pode ser que ele o ache e depois você o perca. A perda pode ser querida, ou não.
Pode ser que você permaneça na busca e nunca encontre.
Pode ser que você encontre um amor que dure a vida toda ou vários amores que durem pouco tempo, mas que permaneçam para sempre em você. Afinal, amor que é amor não acaba, passa a morar na gente.
Pode ser que você pense ter encontrado o amor, e na verdade fosse apenas desejo.
Pode ser que você confunda amizade com amor. Porém, amor que é amor, é inconfundível.
Pode ser que o amor não venha, pode ser que venha e vá embora, pode ser que venha e permaneça para sempre. No final, não temos como saber, como prever o que vai acontecer.
Então, o que podemos fazer é amar.
Abrir as portas do coração para o amor e deixar que ele chegue, na forma como ele quiser, quando ele quiser, e simplesmente amar.

***
Imagem de Karen Warfel por Pixabay

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




Carolina Cavalcanti Pedrosa
"Curitibana, com o coração no mundo. Adoro escrever, ler, um bom filme e passar o tempo com minha família e amigos. Gosto de colecionar momentos. Vejo a vida com olhos de poesia, e transformo tudo em palavras. Encontro nelas meu refúgio e minha forma de espalhar amor e luz no mundo. Que elas possam deixar seu dia mais feliz e seu coração mais leve. Vem comigo?"

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here