Leandro, Mateus, Maurício e Franco são quatro amigos com síndrome de Down entre 20 e 25 anos que queriam o mesmo que outras pessoas da sua idade: ter um emprego, ganhar seu próprio dinheiro e obter alguma independência e estabilidade sem depender de seu pais.

Mas não foi fácil para eles, procuraram emprego em empresas que sempre os rejeitavam e, mesmo que não os mostrassem às suas caras, as pessoas sabiam como eram porque tinham Síndrome de Down.

Tão cansados ​​de receber rejeição após rejeição, decidiram abrir seu próprio empreendimento: um serviço de catering para pizzarias para pequenos eventos.

“Os garotos eram treinados, faziam cursos de culinária, cozinham, mas quando terminvam o treinamento, não recebuam nada. Ninguém os contratava “. -Gabriela, mãe de Mateo para Infobae.

Foi ela quem os ajudou a iniciar o projeto há dois anos. Projeto que funcionou para eles, muito melhor do que eles pensavam: em um ano eles conseguiram cobrir mais de 200 eventos.

“Os perejiles”, como é chamado o empreendedorismo, começou com quatro amigos e hoje há muitos mais que trabalham com eles, sempre dependendo do tamanho do evento e onde -Porque até mesmo de outras cidades têm contactado .

Foi Leandro, que atua como coordenador da equipe, que surgiu com o nome da empresa.

“Eu queria algo que soasse engraçado. E eu disse ‘Salsa!’ Nós somos salsa, mas não estúpidos “. -Lirando Lopez para Infobae.

O grupo distribui o trabalho antes de cada evento, alguns cortam o queijo enquanto outros se dedicam a colocar molho de tomate nas massas. Com os preparativos prontos, vão ao local do evento, cozinham as pizzas e começam a servi-las.

E Los Perejiles é um sucesso, não só porque eles são um grupo de sujeitos com Síndrome de Down que fazem as pizzas, mas porque são “pessoas deliciosas” e o serviço prestado pelos jovens é de excelente qualidade.

“O que é dado é um tratamento mais humanizado. Não é apenas “eu lhe sirvo pizza”, mas há um diálogo. Parece uma reunião de amigos. Embora saibamos que é um trabalho e seguimos as regras. “ -Lirando Lopez para Infobae.

As pessoas, não importa como sejam, são capazes de fazer tudo.

***

Tradução feita pela CONTI outra, do original de UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here