Reconhecido desde a antiguidade, o alecrim possui diversas propriedades terapêuticas. E, por conta disso, sua folhagem, além de ser utilizada como tempero, é também usada como medicamento natural, muito comum na aromaterapia e na fitoterapia.

Portanto, um recente estudo inglês conduzido por Mark Moss (Universidade de Northumbria), teve foco na água de alecrim, e não na própria erva. Tal estudo revela que a água de alecrim (sendo os extratos da planta com água mineral, apenas) possui a capacidade de aumentar o desempenho cognitivo e memorial até 15%.

Como foi o experimento?

Um grupo de pessoas bebeu um copo (250ml) de água de alecrim. No experimento foi utilizada a marca No1 Rosemary Water concentrada, a partir disso, as pessoas passaram por diversos testes para avaliar a capacidade de memorizar e manipular informações, e, enquanto isso ocorria a análise do fluxo sanguíneo do cérebro e a quantia de energia utilizada de forma eficiente, comparando então com um grupo de controle.

Os resultados foram de que, o grupo que consumiu a água de alecrim obteve uma melhoria na capacidade de memorização em 15%, havendo também aumento do nível de hemácias (glóbulos vermelhos) no fluxo de sangue oxigenado para o cérebro, expandindo o uso de energia necessária para desempenhar as funções cerebrais de forma mais eficaz.

Além de tais benefícios da água de alecrim, a própria planta apresenta diversas propriedades efetivas para o nosso organismo, sendo oxidante, antimicrobiano, possuindo poder hepatoprotetor e anticâncer.

A erva é uma excelente tônica, anti-inflamatória, antiespasmódica e analgésica. É antisséptica e ajuda a aliviar as condições de fadiga física e mental. O alecrim também é antibacteriano e realiza uma ação preventiva efetiva mesmo em caso de doenças infecciosas.

***

Texto adaptado pela CONTI outra, com informações de GreenMe

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here