A gente sempre acha que com a gente vai ser diferente, que somos exceção à regra, que a parte desentida da história é como um filme “hollywoodiano” onde tudo se ajeita no final. É… A gente acha, mas o fato (que eu demorei pra entender e aceitar) é que algumas verdades são universais, e, uma delas é: se a pessoa tem interesse, se ela gosta de você, se ela te quer por perto, ela vai demonstrar.

Pode ter certeza absoluta disso. “Ah, mas ele é tímido”, “trabalha demais”, “ele saiu de um relacionamento complicado”, entre “n” outros motivos, não, nenhum deles faz a pessoa deixar de demonstrar interesse. Não tem mau tempo, sol de 40°, futebol, trabalho, cansaço, opinião de amigo, de família, enfim, não tem nada que não permita a pessoa de se mostrar ali. De mandar um “oi”, de ligar na hora do almoço, de falar: “a semana tá corrida, mas no fim de semana eu quero te ver”.

Se a pessoa quer, acredite, ela mostra. Se ela não quer, ela não faz questão de responder, de atender, ela some e volta. Volta quando não tem nada melhor pra fazer, quando não tem mais ninguém pra conversar, quando precisa inflar o ego, aumentar a autoestima por saber que você, que nós, que acreditamos ser a exceção à regra nos apegamos a esses pequenos momentos esporádicos de reciprocidade, pensando com fé: “viu?! Ele voltou. Ele gosta de mim. Dessa vez vai ser diferente”. Não. Chega, né? Quem quer, demonstra sempre.

Não de vez em quando, não quando convém. Quem quer se importa, preocupa, “tá” junto mesmo que distante. Quem quer não desiste fácil, não pula fora no primeiro obstáculo, não deixa o orgulho ser maior do que o sentimento, nem o medo ser maior do que a vontade de fazer acontecer.

É bonito ver as exceções às regras, né?! É bonito sonhar com elas. Mas não vamos nos esquecer das verdades universais. E, uma delas, é essa: Quem te quer, vai te fazer saber.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Isabella Gonçalves
Formada em Direito, apaixonada por livros, pessoas e céu cinzento. Escrevo porque gosto e quando quero. Inconstante, dramática, sonhadora. Vejo 100 onde há um. Vejo um onde há 100 vazios. Confiável, confiante, e que siga a vida! Adiante...sempre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here