O nosso tempo é um produto escasso e valioso para desperdiçarmos brigando com egos e discutindo com mentes pequenas. Não aceitar na nossa vida pobreza de espírito é um favor que fazemos à nossa sanidade mental.

O mundo já é difícil como é e eu e, certamente, você, não precisamos de mais drama, banalidades e tudo aquilo que não nos acrescenta nada.

A maturidade faz com que nos importemos menos com o que, de fato, não é importante.

Eu ainda acredito que pessoas boas existem e as quero o mais perto possível, porque gente do bem me inspira, gente do bem me faz querer ser melhor, mais e mais.

Não posso, não quero e não vou ser coadjuvante no palco da vida, porque é nossa tarefa tomar as rédeas do nosso destino. Não podemos e não devemos ser vítimas da história.

Jamais se acomode, nem aceite o que não está bom, o que não é bom.

E que o bom senso prevaleça, que você passe pela vida de cabeça erguida, sem perder a pureza do seu coração, sem se igualar ao nível de quem não sabe amar, de quem não sabe viver.

Para os obstáculos, os dias difíceis, a resposta é resiliência e fé na energia vital do Universo.

Fuja de pessoas controladas pelo ego, fuja de rostinhos bonitos com almas vazias, fuja de gente que fala de gente, valorize a beleza que vem de dentro para fora, valorize quem o valoriza também.

Fale sobre ideias e gaste mais tempo se preocupando com a sua vida, com a sua evolução. Evite julgar, falar condenar ou se incomodar com a vida dos outros.

Já dizia o poeta:
“Tudo vale a pena se a alma não é pequena.”

Então, não tenha alma pequena, pense grande, faça coisas grandiosas e ocupe-se com o que fará uma diferença significativa na sua vida, sem perder a oportunidade de ser luz na vida de todos que o cercam. Viva com respeito, compaixão e empatia, porque uma existência baseada no egoísmo, é triste, vazia e medíocre.

O resto será sempre o resto e nós nunca precisamos de restos para ser feliz, certo?

Para resumir, o que eu quero dizer é: cuide, respeite e seja fiel à sua essência. Em tempos de superficialidade aguda, sábios são aqueles que já perceberam que é na simplicidade, na humildade e nos pequenos detalhes, que mora a verdadeira felicidade.

O que sobra é só ilusão, e quem se ilude normalmente se machuca. A escolha é e sempre será só sua. Então, escolha com sabedoria!

Paz, luz, amor e muita gratidão na vida de todos vocês!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Wandy Luz
“Pedras no caminho ? Não guardo nenhuma, mas escrevo sobre cada uma delas. Construo castelos de palavras, e te convido a entrar e fazer parte do meu conto de vida.”Wandy Luz é colunista, apresentadora e um ser humano em busca de evolução.Também escreve para: O Segredo, Resiliencia Humana, Jornal e-Cuesta e Portal Resiliencia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here