Eu te entendo. Não é só você que se sente a solidão correr nas veias e estremecer a espinha. A verdade, é que sabemos que essa idealização não tem futuro, mas ainda assim, insistimos em criar expectativas já sabendo do resultado final.

Eu sei como é a sensação de dormir e acordar pensando em alguém. De sorrir igual bobo olhando uma parede branca. Fazer planos e sonhar de olhos bem abertos. Eu sei como é a sensação de enxergar coisas onde não existem, de alimentar sentimentos unilaterais. Eu sei como é a sensação de sair com muita gente e desejar estar com apenas uma, que mal sabemos onde está se divertindo essa noite. Eu sei como é a sensação de abraçar o travesseiro para conter a saudade que transborda nos olhos. Eu sei como é lembrar desse alguém em cada momento, em cada detalhe. Eu sei como é a sensação de querer mais do que o caso, moldar uma vida inteira com alguém. Eu sei como é a sensação de ir para a balada, querendo estar no cinema de casal. Eu sei como é a sensação de escutar uma música e lembrar, incessantemente, de alguém. De sentir falta dos instantes que nunca, sequer, existiram. Eu sei como é a sensação de me perguntarem qual o meu status, eu responder com uma negação o que poderia ser um sorriso enorme, com muito orgulho. Seguido do seu nome, nosso endereço e uma aliança. Eu sei como é a sensação de tentar preencher um espaço que nada se encaixa. Eu sei como é ter vários contatos no celular, todos no silencioso. Eu sei como é ignorar mensagens e convites, sei como isso dá preguiça. Eu sei como é seguir em frente olhando para trás. Eu sei como é receber curtidas e comentários de quem não faz a menor diferença. Eu sei como é a sensação de querer e não poder. Eu sei muito bem, e como isso é dolorido…

Eu sei como é a sensação de querer alguém que não te quer. De ficar estagnado em um relacionamento que só existe na sua cabeça. Eu sei como é a sensação de ser tachado de idiota por todos ao redor. Eu sei como é a sensação de tentar ficar feliz, quando na realidade, tudo o que mais queremos é chorar sem parar. Eu sei como é a sensação de forçar passeios só para tentar pensar menos nesse alguém, e nada adiantar. Eu sei como é a sensação de ter o melhor a oferecer e desprezarem. Eu sei como é a sensação de romantizar um copo de bebida. Eu sei como é a sensação de beijar outras bocas tentando esquecer, mas acabar lembrando ainda mais. Eu sei como é a sensação de querer tanto alguém, a ponto de não relevar o amor próprio ao nível mais alto do egocentrismo. Eu sei como é querer alguém que não te assume, que não move um dedo por você. Eu sei como é a sensação de não conhecer direito, mas mesmo assim continuar querendo. Eu sei como é estar disposto a completar qualidades e defeitos, completamente, desconhecidos. Eu sei como é a sensação de assistir o pôr-do-sol e toda essa inspiração não ter sentido algum. Assim como o brilho da lua. Eu sei como é a sensação de fazer viagens para lugares incríveis, mas nenhuma delas ser uma opção melhor do que, na imaginação, trazer para perto quem mais queremos. Eu sei como é a sensação de não frequentar os mesmos lugares que sempre esteve, por não saber como lidar com o aperto no peito. Eu sei como é a sensação de se prender em inúteis objetos, tornando-se materialista. Eu sei o quanto dói a falta de reciprocidade, e você também sabe disso.

Amadurecer, talvez seja isso, deixar ir embora o que já tivemos medo de perder. Sendo assim, para o meu coração, por mais que eu diga adeus para esse alguém, ir embora nunca significou esquecer.

Imagem de capa: Ladyshutterstock, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Jéssica Pellegrini
Nunca confie em uma escritora confusa e romântica. As controversas entre um texto de amor e outro de desilusão, podem causar questionamentos pessoais. Consequentemente, sequelas mais graves.

16 COMENTÁRIOS

  1. Testo lindo feito pra mi e o tou passando nos ultimos dias Eu sei como é a sensação de querer mais do que o caso, moldar uma vida inteira com alguém. Eu sei como é a sensação de ir para a balada, querendo estar no cinema de casal.

  2. Esse texto reflete exatamente o que eu estou vivendo hoje, é um calvario sem fim. Uma dor imensuravel, que não da pra explicar, sei que depois de ter perdido o grande amor da minha vida, eu jamais serei quem eu fui um dia…

  3. É tão inacreditável, você ainda sentir amor e esperança por uma relação, que você ainda acredito fielmente que possa voltar e dá certo outra vez. Mas começo a acreditar que a melhor maneira de seguir e acreditar que não a mais esperança ou algo que possa reverter toda essa situação. É melhor para ambas as partes eternizar o fim e deixar o que ficou no passado, exatamente no passado. Mas ainda sim sigo acreditando!

  4. E quando você ama a pessoa, a pessoa te ama, e vocês não conseguem ficar juntos? por vezes tentaram e todas tentativas frustadas? por mais de 6 anos isso acontece, eu arrumo outra pessoa, não consigo seguir adiante e volto pra ela, mais logo largamos e seguimos a vida e assim o tempo vai passando e nós dois se amando e não conseguindo ficar juntos, hoje sou noivo, ela acredito que esteja solteira, mais não consigo esquecer ela, já tive recaídas nesse relacionamento atual por conta dela, eu larguei fiquei com ela, dormimos juntos, foi uma das melhores noites que passamos juntos, e depois voltei com minha noiva.. eu só queria pegar ela e sumir no mundo só nos dois, sem rumo sem ninguém saber o paradeiro!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here