Que sejamos felizes, mesmo diante das frustrações que nos desmotivam.

Vivemos dias de tribulações…Busquemos então, motivos para superação. As perdas não serão nossos entraves, porque somos curiosos e descobriremos o caminho para que sejamos felizes.

Então devemos levantar a cabeça, abrir os olhos e esboçar aquele sorriso.

Não tenhamos medo de viver com intensidade, de amar e valorizar todos aqueles que fazem parte da nossa vida. Pais, filhos irmãos, amigos e até – por que não – os nossos inimigos? Eles servirão, muitas vezes, de base para nossa subida.

Vamos entender que a vida é curta.

Então, vamos lá!

Cante mesmo em tom desafinado, escreva sua própria história, sorria como se quisesse mostrar tua alma ao mundo inteiro. Dance ao vento, sinta-se ao sol, queira mais da vida. Questione o amor e obtenha respostas. Seja diferente, quebre barreiras, mude a situação. Coloque seu nome na história e, principalmente, não te esqueças das tuas qualidades.

Tu podes subir. Com certeza poderás alçar voo e realizar teus sonhos. Poderás seguir em frente, ir muito além do lugar que limita teus passos. Sim, poderás seguir em passos lentos, mas poderás sim, certamente tocar o céu. Não deixes que morra dentro de ti a esperança. Ela será o combustível para a tua trajetória. O mundo poderá te ser um tanto cruel, mas se acreditares no impossível serás o campeão.

E muitas vezes a felicidade nos segue com passos lentos, por isso atente para os seus detalhes, pois neles estarão impregnados os teus sonhos que serão possíveis, se acreditares neles.

Viver é uma consequência, um exercício para que percebamos quem somos nós. Sim, somos seres dotados de autoconhecimento do qual fazemos uso para o desenvolvimento da nossa felicidade. Então poderás viver sem culpas, porque somos livres e nos movemos como balão rumo ao infinito. Pode ser que no momento, o resultado não seja o esperado, mas não sejas mais um obstáculo para a tua própria vida porque a felicidade é um resultado de atitudes bravias dos otimistas. Aqueles que não cultivam o veneno do fracasso, mas a esperança que os leva a persistir apesar das perdas.

Quando finalmente te fizeres consciente de que apenas de ti dependerá os teus risos, os teus dias serão mais felizes e as pessoas que estarão ao teu lado serão as que sempre sorriem. Isto é porque valorizam a vida em sua plenitude e por isso têm que saber que a felicidade não se alcança com as ações de outras pessoas. Mas que, para que sejas feliz, dependerá de uma chama existente dentro de ti.

E esteja sempre preparado (a) para receber aquilo que a vida tem de bom.

Então não permitas que a chama se apague ou que essa oportunidade continue vagando por ai, porque a decisão de ser feliz é apenas tua.

Imagem de capa: Movia Films, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Jorge Amaral
Jorge Amaral, brasileiro, natural de Ataléia/MG. Colunista e escritor semi-profissional. Livro publicado – PALAVRA É ARTE – Coletânea com outros autores. Escrevo porque considero a minha vida como uma eterna poesia, porque me perco na escrita e me encontro na leitura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here