Independente de qual seja o seu objetivo na vida, amanhã pode mudar e ser outro.

Antes da gente alcançar os nossos objetivos na vida, perderemos várias vezes. Por vários motivos. “Nãos” serão corriqueiros e, por mais que doam (e vão doer!), cedo ou tarde, a gente se acostuma a dor. Porém, acostumar-se aos tombos que tomamos, é bem diferente de acomodar-se a eles, de ficar no chão, e nada fazer. É preciso fazer sempre um pouco mais. É preciso se levantar. E é sempre nas derrotas que crescemos.

A gente conseguirá crescer na vida profissional se assim desejar. É um desejo que lhe move no dia a dia?, que lhe faz levantar ainda de madrugada da cama para trabalhar com afinco?, você vai conseguir. Pode não ser nesta empresa atual, pode ser na próxima experiência que chegará amanhã, ou no próximo mês, ano… mas, não desista se parece ser impossível. Não é. Só não chegou o seu tempo. Porque todos têm o seu próprio tempo – talvez o desemprego que assola o país lhe assuste, assusta a todos, não desanime.

A faculdade está difícil?, claro que está. Mas, quantos não gostariam de ter esta oportunidade que você tem neste momento?, aproveite o seu. Não desista na primeira “DP”, ou no possível semestre que será de ser refeito. Tudo bem. Daqui a dez anos esses probleminhas não serão nada.

Virou frase heroica bater no peito e dizer “sou feliz sozinho”. É bom, claro, e todos merecem esse tempo. A verdade é que ser feliz com alguém que soma com a gente é muito mais gostoso. A gente às vezes, por comodismo ou qualquer outra razão, esquecemos de valorizar aquela pessoa que está do nosso lado. Não erre assim. Valorize. Mas não precisa entrar em desespero se não encontrou ainda, no momento certo ela vai chegar e dar sentido a esta “espera ativa”. Não importa se você ainda não conseguiu a sua casa, e ainda mora com os pais. Que sensacional é ter seus pais ainda com você. Aproveite eles enquanto ainda há tempo. O tempo passa, sabe?, deixar para valorizar depois de perdê-los não é uma boa opção.

E, independente de qual seja o seu objetivo de vida, amanhã pode mudar e ser outro. Então, para que a ansiedade ou frustração por não ter alcançado ainda? Vai alcançar, no momento que ele deverá ser alcançado. E não naquele que você julga ser o certo.

Imagem de capa: andrey_l, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Luverlandio Silva
Nasceu no Piauí e cresceu em São Paulo, mora atualmente em Santo André – SP. Apaixonado pela área de exatas, mas tem o coração nas artes e escrita; trabalha e defende o meio ambiente e, as causas naturais: sentimentos; afetos; amor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here