Séries que apaixonei em 2017

O ano não acabou mas já estou aqui escrevendo minha lista de séries que fisgaram meu coração nesse ano. Preparados?

1 – SUITS

Tenho um amor imenso por essa série, mesmo não estudando direito – a série é toda feita com advogados – ela é fascinante! O que me prendeu nessa série são os personagens e a história vivida por cada um. A série começa mostrando como o brilhante Mike, interpretado por Patrick J. Adams, consegue um emprego de advogado e ele não estudou direito, isso mesmo que você leu! Ele não fez faculdade de direito e consegue entrar para uma das empresas mais bem sucedidas de Nova York. Não só o Mike que é excepecional na série – não é meu personagem favorito – mas todos os personagens tem uma história que pega a gente de primeira. Harvey Specter (Gabriel Macht), é aquele personagem que você vai amar logo no primeiro capítulo. Galã – lindo – inteligente e FODA (você vai entender porque), temos também uma das mulheres que eu mais amei de todas as séries com mulheres forte que eu vi, Jessica Pearson (Gina Torres), é aquela mulher que você vai criar uma admiração fora do normal por ela. Ela é forte, guerreira, e com certeza a personagem mais fascinante que tem na série.

Não é uma série chata de advogados, pelo contrário, é aquela série perfeita desde o início.

2 – BREAKING BAD

Bom, essa série todo mundo já ouviu falar – se não ouviu, senta que lá vem história – várias pessoas me indicavam essa série e eu sempre falava que ia assistir mas nunca começava. Um dia resolvi assistir e… não gostei rs. Eu tenho uma mania boba de sempre largar séries que não me prenderam logo no piloto pra lá, então deixei Breaking Bad na estante de novo. Mas aí pensei: ” se todo mundo fala dessa série, algo tem”, então decidi assistir a primeira temporada toda pra ver como seria depois. E aí sim, nasceu uma paixão louca por essa série. A história começa quando o protagonista, Walter White, descobre um câncer e decide traficar metanfetamina para poder deixar um legado para sua família. Mas aí você já viu, né? Tráfico é cheio de histórias mirabolantes e essa série é o que mais tem. O personagem principal, Walter White – Bryan Cranston – é aquele vilãozinho que você não consegue odiar. E o que eu acho mais legal é ver a evolução do Walter. Ele começa com uma personalidade e no final da série ele é exatamente outra pessoa.

Se vale a pena assistir? Mil vezes vale! A série é boa do início ao fim. Se você achar meio morto como eu achei, assisti uns 3 capítulos que tenho certeza que você vai amar.

3 – ORPHAN BLACK

Essa série eu ainda estou assistindo. São 5 temporadas ao total, já estou na 4ª e indo bem devagar porque não quero acabar.

Pensem numa série envolvente, pensaram? É essa! Se você gosta de ficção científica e mistérios, essa com certeza você vai amar!

A série gira em torno da Sarah Manning, interpretada pela maravilhosa Tatiana Maslany, ela está no metrô e do nada uma mulher se suicida, agora vem a parte chocante, essa mulher suicida é sua cara. Sarah se vê na mulher, idênticas como se fossem irmãs gêmeas. Sarah em um ato impulsivo assume a identidade da Beth e aí começa a desenrolar a história – infelizmente não posso falar mais que isso – mas Sarah descobre que não existe apenas uma com seu rosto, porém, várias. Aí começa todo o mistério envolvendo todos esses clones. É impressionante em como as coisas acontecem rápido nessa série e simplesmente impecável. Não tem furos, e cada capítulo te deixa com um gosto de quero mais.

Ah, não posso esquecer de comentar a atuação da Tatiana. Gente, é perfeita! Pensa uma pessoa que interpreta vários clones idênticos a ela, cada clone com uma personalidade totalmente diferente, a Tatiana faz isso. Ela dá um show de atuação. Eu vou vendo a série e eu sei identificar quem é quem na série, mesmo elas tendo o mesmo rosto. Ela passa exatamente a personalidade de cada uma com perfeição. Sério, que show.

4 – BATES MOTEL

Na verdade eu não conheci essa série esse ano, mas como terminou esse ano, quero deixar registrado minha sugestão para vocês. A série se baseia no clássico “psicoce” – se você não assistiu, assista – retrata a vida do Norman Bates antes dos eventos do filme. Norman, ainda adolescente, começa desenvolver sociopatismo devido a superproteção da sua mãe, Norma. Cada capítulo é um conflito, um mistério. É uma série que vai te prender do início ao fim, pode acreditar. Pra quem gosta de séries com conflitos psicológicos, é quase que uma obrigação assistir essa perfeição. Tenho que comentar também as atuações da Norma e do Norman. Gente, que maravilha ! A Vera Farmiga está deslumbrante nessa série, ela consegue te convencer do porque ela é tão superprotetora, e o Freddie Highmore dá uma aula de atuação. Quem já viu Psicoce vai perceber traços dele no Robert Bloch que foi o primeiro Norman.
Se não assistiu, corra e assista.

Espero que gostem da lista, comentem depois o que acharam.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Déborah Izy
Taurina, cerveja, ler, escrever, barzinhos, cinema, séries, filmes, super heróis, e amante da vida, acredito fielmente no amor. Gerencio a página em meu nome no Facebook: Déborah Izy. Espero que gostem e se identifiquem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here