O preço da solidão

Sempre nos fizeram acreditar que a solidão era para fracassados, quando na verdade é algo que nos ajuda a crescer e nos permite descobrir o melhor de nós mesmos.

Tudo tem um preço, uma consequência que repercutirá sobre nós.

Porque toda decisão leva a uma mudança, um novo rumo que nossa vida tomará, e nela vai se tornar bem presente o preço da solidão.

A sociedade em que vivemos prioriza muito os casais. Se você não está em uma relação ou não é capaz de manter uma a longo prazo, rapidamente é considerada uma pessoa fracassada.

Tudo isso pode nos causar sérios problemas. Podemos acabar dependendo de um parceiro para sermos felizes, ou viver em uma contínua angústia pela busca desta pessoa com a qual possamos nos adequar ao que a sociedade considera correto.

O preço da solidão pode dar medo e ser muito enriquecedor ao mesmo tempo

O preço da solidão pode amedrontá-lo em um primeiro momento. As consequências de escolher estar sozinho são só estas, ficar sem ninguém, enfrentar o abandono.

Certamente você é consciente do quanto as pessoas se humilham para não perder aqueles que amam. Como se arrastam para que quem dá sentido a sua existência não as abandone porque, se isso acontecer, ficarão vazias e sem saber o que fazer.

Embora o ser humano seja um ser sociável, isso não significa que dependemos de outras pessoas para sermos felizes e, em definitiva, para viver.

Algumas pessoas são tão dependentes que se sentem perdidas, não têm opinião própria e se aderem tanto ao parceiro ou parceira que deixam de ser elas mesmas.

“Quem sou? O que quero? Do que gosto?” Estas são perguntas que, ainda que você não acredite, muitos não saberiam responder. E se respondessem, provavelmente sua resposta seria o que o parceiro é, o que gosta e o que quer.

Graças à solidão você poderá voltar a se descobrir, a ser quem você era! Você se camuflou e deixou de ser você mesmo por um medo que não é mais do que isso, apenas um temor infundado.

Porque você não precisa de ninguém para viver, só precisa de si mesmo.

Ninguém entende aqueles que escolhem estar sós

O preço da solidão é muito duro, pois ao seu redor você não encontrará pessoas que o apoiem, e sim o contrário. Elas acreditarão que você é uma pessoa estranha, que ficou louca ou que tem algum trauma na vida.

Não espere que ninguém o entenda e prepare-se para que muitas pessoas que considerava “amigas” se afastem de você.

Pode até ser que você descubra que, quando se afasta delas, não o procuram, por isso não eram amizades verdadeiras. No entanto, era isso que você queria ver.

Quando ficamos sozinhos e damos espaço a todas estas pessoas que amamos ou acreditamos amar, nos damos conta do quanto demos por elas e do pouco que fomos recompensados.

Somos conscientes de que éramos nós os que levavam o timão das relações e que, quando o soltamos, o barco afunda.

Por que assumimos esta grande responsabilidade? Por que mergulhamos em relações que não eram reais nem verdadeiras?

A resposta se encontra em nosso grande medo de ficarmos sozinhos, que embaçava nossa visão e nos levava a dar 100% por todos aqueles que não davam nem 15% por nós.

A importância de dedicar tempo ao autoconhecimento

O anterior é uma grande descoberta, mas uma maior ainda será nos darmos conta de como sonos. Ainda que acreditemos que nos conhecemos, isso não costuma ser verdade.

Vivemos em um mundo cheio de ruídos, onde as conversas banais e as amizades hipócritas são comuns e nos rodeiam. Apertamos o botão do “piloto automático” e vamos, como zumbis, existindo sem viver, sem saborear nem experimentar a vida em toda a sua essência.

O preço da solidão não é tão negativo quanto possa parecer no começo, pois nos ajudará a abrir os olhos diante das nossas relações e também de nós mesmos.

Você vai perceber o quanto desconhecia sobre você e quanto tempo deve dedicar a si mesmo para se conhecer melhor.

Além disso, será consciente de que ninguém tem o dever de satisfazer as suas necessidades de carinho, afeto ou amor, porque você pode supri-las por si mesmo.

Antes você não sabia disso, mas agora já descobriu. O preço da solidão é um maravilhoso caminho no qual você entenderá que depender de alguém tem um custo muito alto: a sua felicidade.

Fonte indicada: Melhor com Saúde

Imagem de capa: Maria Evseyeva, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos

Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: “A Soma de todos Afetos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here