Sabe o que eu acho mais difícil de lidar na vida? Com pessoas.

Sabe o que eu acho mais difícil de lidar na vida? Com pessoas.

Penso que um dos maiores desafios na vida nem seja aquele de conquistar os nossos sonhos e objetivos, mas o de lidar com pessoas nesse caminho.
Pessoas quando querem, e mesmo não querendo, apenas sendo, são invejosas, intolerantes, egocêntricas, traidoras, corrompidas, más e se você não souber lidar e cuidar, elas podem até mesmo te destruir. É sério! O lado sombra dominante é um perigo! E por mais que a gente se blinde de tais venenos, eles estão por toda a parte. Se você vive num meio social, fatalmente irá ter de lidar com uma pessoa dessas.

De fato o ser humano possui um lado sombra e um lado luz, e por vezes a camada sombra é a dominante e agindo por vezes como um escudo, uma proteção e autodefesa.

O que potencializa o lado sombra de alguém, mesmo que inconscientemente, são os pensamentos desajustados e sem vigilância, a herança emocional de alguém que convivemos já que se ficarmos perto de pessoas, por exemplo, que só reclamam, acabamos sendo afetados diretamente no nosso campo vibracional, aquilo que “ingerirmos” como energia seja por meio da tv ou das músicas e até mesmo do nosso ambiente – um ambiente desorganizado, sujo e mal iluminado afeta nosso campo pessoal vibracional. Tudo é energia e somos afetados pelas frequências vibracionais a todo momento. E pessoas são campos abertos – influenciadoras e influenciadas.

Já dizia Criolo “As pessoas não são más só estão perdidas! “

Então pessoas, vamos nos encontrar! Como? Por meio do autoconhecimento. A partir dele é possível criar uma consciência maior do próprio ser, aprender a se ouvir, e a se relacionar com o mundo, a despertar o amor, a compaixão, “paz ciência” . As pessoas não se percebem e acabam despejando seus lixos emocionais no primeiro vulnerável do caminho.

Se procuramos a paz, se este é um desejo mundial, precisamos fazê-la brotar inicialmente dentro de nós. Procurar isso nas nossas relações. De nada adianta ir à missa, à igreja, fazer rituais holísticos e místicos, meditar senão saber agir diante da vida, agir com sabedoria.

Eu não perco nada dessa vida, e até mesmo aquilo que me chateia eu levo como ensinamento e inspiração. Mas confesso: não é mole não.

Poderia viver isolada numa casa no topo da montanha, assim ficaria livre de qualquer aborrecimento, mas eu amo a humanidade, por isso prefiro interagir com ela, porque sei que no meio dessas “carcaças”, existe bondade, amor, luz, e muita gente do bem.

É importante ainda ser referência para quem não se despojou de seus trajes sombra em sua grande maioria. A luz brilha dentro de cada um, façamos brilhar!

Imagem de capa: Naresuan261, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





Anieli Talon
É jornalista, atriz, locutora, dubladora e tem a comunicação como aliada. Escritora por natureza, tem mania de preencher folhas brancas com textos contagiados por suas inspirações .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here