Afaste-se das pessoas que não lhe acrescentam nada

Se você perceber que aquela pessoa que está ao seu lado lhe rouba a energia e o bem-estar, afaste-se dela. Mesmo que seja difícil, aprenda a olhar para você antes de satisfazer as necessidades alheias.

Afaste-se das pessoas que tenham deixado de trazer algo bom para a sua vida e que, no momento, somente lhe tiram as coisas.

Existem pessoas que começam trazendo energia, mas que, depois, pretendiam absorvê-la.

Alguns dizem que são pessoas tóxicas, outros, vampiros emocionais. O que é verdade é que não lhe fazem sentir bem, você nota que deve se afastar, mas existe algo que o impede de fazê-lo.

Afaste-se das pessoas que tentam manipulá-lo

Existem pessoas que, quando você quer se afastar, começam a dizer determinadas coisas que fazem você se sentir muito mal. Por exemplo: “você é um mal agradecido”, “olha como você me paga por tudo que eu já te fiz”, “sem mim você hoje não seria nada”.

Todas estas palavras te fazem se sentir mal e em dúvida, mas saiba que quem as diz está tentando manipulá-lo.

Alguém que o ama e aprecia jamais se dirigirá a você com estes termos; e mais, respeitará sua decisão.

Você tem todo o direito de se afastar de quem não lhe convém. As relações mudam, as pessoas também, e isso não é necessariamente algo ruim, pois pode dar uma luz sobre como realmente são os indivíduos que estão ao seu lado.

Afaste-se das pessoas que você sabe que irão lhe sugar a energia e que, quando já não têm nada mais para absorver, se vão. Afaste-se das pessoas que sorriem para você na sua frente, mas que por trás o criticam.

Por mais que tentem te fazer acreditar no contrário, pelas várias ocasiões nas quais você tenha duvidado se estava certo ou não em suas especulações, não permita mais que ninguém lhe faça se sentir mal.

Quando em uma relação os maus momentos são mais frequentes que os bons, no instante que geram um mínimo de mal-estar, é necessário colocar distância.

Dói encerrar capítulos, mas às vezes é necessário

Existem relações amorosas nas quais gostaríamos de ter uma amizade com aquela pessoa que tanto nos trouxe. Em certos casos isso acontece e é muito satisfatório, mas às vezes tentamos e vemos que aquilo não nos traz nada.

Como parceiro, em seu momento, lhe trouxe algo, mas agora não lhe traz mais nada. Uma pessoa deve motivá-lo, você deve querer ficar ao lado ela. Saber que te enriquece e contribui para o seu desenvolvimento.

Se, quando você está com alguém, não sente nada disso, e mais, é consciente de que sem sua presença inclusive estaria mais tranquilo, por que seguir ao lado dele ou dela?

Não estará vivendo uma relação de amizade honesta. É difícil fechar capítulos porque dói se desprender de quem foi importante para nós.

No entanto, mesmo que você enxergue como algo ruim, não é de modo algum. Fechar capítulos iniciará outros que serão muito mais enriquecedores para você.

Não fique pelo medo, por se sentir mal ou por diversas crenças que tem com respeito às relações. Se em seu interior você notar que precisa se afastar, faça isso.

Às vezes é melhor se afastar para poder crescer

Em certos casos, não estamos bem em uma relação e só existem conflitos. Contudo, continuamos juntos.

Não percebemos que, às vezes, temos que nos afastar para assim poder crescer. Talvez não estão nos trazendo mais nada porque buscamos o que não temos no outro.

Estamos falando daquelas relações de dependência nas quais sem o outro nos sentimos vazios; não somos capazes de nos sentir bem e felizes se não tivermos a outra pessoa ao nosso lado.

Neste caso existem recriminações se o outro não satisfaz nossas necessidades.

Afastar-se será essencial para crescer de forma individual e, em um futuro, se for factível, voltar a tentar de uma maneira muito mais enriquecedora.

Afaste-se das pessoas que deixaram de lhe trazer algo ou que estão trazendo somente conflitos e maus momentos. Em certos casos, pode ser uma oportunidade para crescer ou para, de uma vez, tomar o caminho que deveríamos ter escolhido desde o início.

Não tenha medo de se afastar quando for necessário.

Fonte indicada: Melhor com Saúde

Imagem de capa: Ekaterina Iatcenko, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here