Pode parecer louco, mas ser feliz requer mesmo coragem!

Se entregar à vida sem medo, arriscar, mudar, tomar decisões em nosso benefício sem apegos com muito amor e ousadia.

De fato coragem é uma atitude que parte do coração. É uma força que está além da razão.

Mas porque é necessário coragem para algo que deveria ser tão simples?

Simples é, só que nós é que complicamos. Deixamos as coisas mais difíceis de serem atingidas e alcançadas motivados pelo nosso medo e apego.

E para entender a felicidade é preciso viver o dissabor da infelicidade, para que este também seja um caminho onde saibamos identificar o que nos faz feliz sem precisar de muito.

“O sofrimento é o intervalo entre duas felicidades” – Vinicius de Moraes.

Na verdade, felicidade não é um sentimento constante, ela é feita de momentos felizes que somados refletem uma forma feliz .

Se os espaços dos momentos felizes estão sendo tomados mais por tristeza, melancolia, mágoas, frustrações, é porque está faltando uma ação de amor para consigo, e só assim existe uma transformação.

Ninguém pode fazer isso por nós, apenas nós temos a total responsabilidade de nos tornarmos felizes permitindo que os momentos bons possam existir cada vez mais em nossa vida.

Entenda, ser feliz é sua responsabilidade!

Ser infeliz é que é uma atitude covarde – não precisa de nada para sê-lo e qualquer pessoa pode ser. Não requer ação de bondade para consigo, apenas a de jogar a culpa em quem achar responsável pela lastimada condição.

Para ser feliz é preciso coragem! É um risco que se corre, mas com grandes chances de vitória e crescimento pessoal/espiritual.

E dentro disso é preciso entender que a felicidade mora em pequenos espaços e situações. Ela é algo abstrato, feita de sentimentos bons, desejo e entrega sincera.

Toda a existência deseja isso de você, o grande objetivo da vida é o nosso encontro com o contentamento e tudo na vida age para que possamos ser felizes e plenos, pois quando estamos felizes, irradiamos esta energia para todo o universo. E da mesma forma, quando estamos infelizes, o mau odor da dor se propaga para toda a existência.

O primeiro passo para encontrar a tal felicidade é se perguntar “o que me faz feliz?”

Com essa resposta em mente o caminho está traçado. Pegue somente aquilo que você deseja e vá em busca.

Não se esqueça que felicidade é simples. Ela está na gratidão, no reconhecer as bênçãos e oportunidades. Felicidade é se amar a ponto de não se permitir sofrer e assim permitir que bons fluidos cheguem e preencham qualquer espaço do ser. Felicidade é se permitir.

Imagem de capa: Annette Shaff/shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Anieli Talon
É jornalista, atriz, locutora, dubladora e tem a comunicação como aliada. Escritora por natureza, tem mania de preencher folhas brancas com textos contagiados por suas inspirações .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here