“Ela não podia lhe esperar para sempre.”

Você andou apaixonando-se por algumas garotas por aí. Brincando de amor sem saber do peso desta brincadeira.

Ela amadureceu, e almeja casar e ter filhos.

Você continuou preso em sentimentos falsificados criados por você mesmo.

Ela sempre foi fiel ao que sentia por ti. Só você não enxergava isto.

Você continua só. Digo, por dentro.

Ela vai se casar daqui a duas semanas e vai terminar a faculdade de Direito.

Mas você nem sabia disto, nunca prestou atenção à tantas coisas que ela tentava lhe contar.

Ela quis tanto ouvir tua voz após telefonemas desligados. Ela quis tanto teus abraços após tuas despedidas vazias. Ela quis tanto de ti, e você pouco se entregou a ela.

Você continua inventando sentimentos falsos, jogando inúmeros ” eu-te-amo ” pra fora de sua boca para garotas romanticamente burras. Mas no fundo-no-fundo, você sentirá falta dela. Vai sentir saudades dos carinhos dela, dos beijos suaves e viciantes dela, dos olhos cor de mel e do toque doce-suave que só ela tem.

Como diria o Hugo Rodrigues:

“Ela sempre será a tua dor mais insuportável, será a tua despedida mais demorada, e sempre será tua eterna saudade de algo que você nunca mais voltará a ter.”

Ela não podia lhe esperar para sempre, entende o que eu quero dizer?

Imagem de capa: AstroStar/shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





Pedro Ficarelli
Me chamo Pedro Ficarelli, tenho 25 anos e curso Letras. Garoto bobo apaixonado pela escrita e pelos contos do Gabito Nunes. Pernambucano de Olinda, carismático com um quê de romântico. Escrevo por vida desde moleque tímido com um sonho, de uma dia, minha palavras chegarem a teus ouvidos e visitarem teu coração. Escrevo para pôr palavras onde a dor se faz insuportável. Seja bem-vindo ao meu mundo, o nosso, onde um pouquinho de mim, somado a um pouquinho de ti, torna-se bastante de nós.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here