Tem um motivo para seu ex ser EX, lembre disso!

Imagem de capa: Africa Studio, Shutterstock

Seja qual for o motivo para seu ex ter virado EX, se apague nele, ao motivo, e siga em frente! Deixe para trás também a sua “culpa”, e aquela sensação de que “tudo poderia ter sido diferente”. Nem sempre as coisas saem como esperamos, e o bom disso é a lição e bagagem de vida que nós adquirimos. Ninguém namora sozinho…se não deu certo, foi culpa dos DOIS!

Tudo bem, você ainda o ama, e o término pode não ter sido por falta de amor, mas “do nada” também não foi. Então tente se lembrar e se possível faça uma lista, lista mesmo, enumere e escreva os pontos negativos da relação de vocês.
Até mesmo se você achar que a relação era ótima e ele quis terminar sem motivo aparente, ainda sim, existe ao menos 1 motivo para tal decisão.

Às vezes é difícil desencanar do ex, não exatamente por ainda amá-lo, mas por uma série de pequenos detalhes aos quais nosso cérebro se apegou. E sim, é o CÉREBRO e não mais o coração.

Vocês faziam muitos planos para o futuro; Vocês tinham muitos pontos em comum.
Vocês gostavam das mesmas coisas…As famílias se davam muito bem…O sexo era uma delícia…OK. Mas, isso tudo aí não forma o AMOR. Isso garante, no máximo, uma amizade bacana.
Para a química é necessário muito mais que isso. É necessário tesão! Tesão de vida! De olho no olho, de pele com pele… É necessário o desequilíbrio equilibrado do cotidiano.
Só sexo não segura um relacionamento. Só cumplicidade também não.
Os dois têm que se darem refúgio, calmaria e sossego na vida a dois, PORÉM, têm que se tirarem a paz, vez ou outra… Têm que darem as mãos e tirarem o fôlego. Tá entendo?

Eu acabei meu casamento pois brigávamos demais. Imaturidade? Possível… Falta de amor? Não necessariamente…Mas a questão é: Na pesagem da balança, as brigas pesavam mais do que os bons momentos e aí é necessário partir.
Para que tudo aquilo que foi um amor imenso um dia, não vire cinzas…de flechas inflamadas, disparadas um ao outro. Para que de amantes, não viremos os piores inimigos. Amor quase nunca é a razão pelo fim de uma relação. Mas AMOR, sozinho, não basta.
É necessário COMPROMETIMENTO. Paixão como complemento. E amizade como base para sustentar todos os pilares.

Mesmo naquele raro tipo de situação, em que quando questionada, você insistirá em me dizer que NÃO SABE PORQUE ELE TERMINOU CONTIGO, esse, ainda sim, é um MOTIVO. E dos grandes. Afinal, como ficar com uma pessoa que não sente AMOR por nós? Quem ama não desiste fácil.

De repente, parece que simplesmente ESQUECEMOS tudo de ruim que vivemos ao lado do ex e só focamos nas (poucas!) coisas boas…mas…
Pare e pense: Será que o que você sente, não é na verdade uma nostalgia, uma ponta de frustração, por tudo que poderia ter sido e não foi? Um luto mal vivido por todos os sonhos e planos que temos que enterrar junto com o fim da relação?!

Pense, se você quer mesmo voltar para a vida que vocês tinham.
Se essa é a vida que você sonhou pra ti.
E principalmente, se é ele, o teu ex, que você enxerga ao seu lado, lá na frente, na velhice.
Porque AMOR não é feito de breves momentos de juventude. O amor não é efêmero quanto o borbulhar do champagne. Isso é PAIXÃO. E paixões, não são pra vida inteira.

Você quer mesmo sua rotina de volta? Sua rotina de brigas, desgastes e tensão, ou você quer voltar a viver os primeiros meses do relacionamento outra vez?
Saudade não traz ninguém de volta… e também não nos permite voltar no tempo.
A saudade é o atestado emitido quando algo valeu muito a pena. O resto…é ilusão. Não é saudade, é vontade de ter feito diferente.

Eu sugiro que você conheça novas pessoas, construa novas histórias e as viva, com real intensidade e com todo seu coração. E que permita o tempo correr e cumprir seu papel. E então…só depois de ter se descoberto, como um ser INDIVIDUAL e não como “namorada” de alguém, você analise se o ex ainda é seu primeiro e último pensamento do dia.
Eu sugiro que você sofra. E não queria pular etapas, não parta logo pra balada, nem se entregue ao primeiro que aparecer. Você precisa viver a tristeza, para poder absorver e RENASCER.
Não é fácil enterrar sonhos, mas é necessário, para outros poderem surgir.

As pessoas não mudam.
Apenas controlamos ou acentuamos nossos defeitos com o passar dos anos, mas a ESSÊNCIA é imutável.
Por tanto, se o cara te traiu um vez, muito provavelmente, trairá uma segunda.
Se ele mentia com frequência, ele é um mentiroso. Se ele era um grosso com você, ele É grosseiro.
Acreditar que o seu amor é capaz de fazer dele o ser humano que você queria que ele fosse é perda de tempo e SADOMASOQUISMO. Só te fará sofrer!
Não é melhor, então, ficar livre para conhecer alguém que tem mais a ver com seu modo de viver, que tenha as mesmas metas e objetivos que você?
Às vezes, ninguém tem culpa, só são pessoas diferentes, com temperamentos opostos que se sentiram atraídas. Pronto!

Não se martirize por sentir saudade, mas tenha em mente, que nem toda saudade é para ser ressuscitada. Certas coisas têm que virar passado.

Você, talvez não tenha conseguido viver tudo que gostaria e como gostaria com o ex, mas isso não quer dizer, que você não conseguirá com uma outra pessoa.
Todo final traz consigo um RECOMEÇO.

E recomeços podem ser extraordinários.
Permita-se!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Bruna Stamato
Carioca, criada na Bahia, quase paulistana e atualmente moradora de Porto Seguro-BA. Mãe de duas garotinhas lindas, geminiana, ascendente em Câncer e uma eterna sonhadora. Quando me perguntam, sempre brinco com as pessoas, dizendo que eu não sou escritora, apenas passo para o papel o que a minha alma dita. Por tanto, o mérito é dela! Sou aficionada pelas palavras, desde que me entendo por gente, quer dizer, na verdade, até hoje não me entendo direito por gente, mas amo as palavras desde que as conheci e que elas começaram a fazer sentido pra mim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here