Felicidade nos detalhes

Imagem de capa: MRProduction, Shutterstock

Encontrar, sem querer, alguém que você está com saudades.
Sair sem pressa.
Acordar com um belo café da manhã na cama.
Passar um fim de semana viajando.
Receber um elogio profissional de alguém que você admira.
Pizza.
Abraços.
Dia de sol quando você tem todo o dia programado em uma atividade ao ar livre.
Dormir com barulho de chuva.
Um final de semana inteiro para poder assistir seu seriado sem culpa.
Passar seu filme favorito na TV.
Uma declaração de amor.
Barulho da chuva antes de dormir.
Resultado de exame sem nenhuma alteração, a saúde continua de ferro.
Livros novos.
Gostar de um livro de um autor que você não conhecia e sair pesquisando tudo que ele já escreveu.
Uma tarde com amigos e família brindando a felicidade.
Banho quente depois de um dia puxado.
Achar dinheiro escondido na calça.
Receber de volta a carteira ou celular que você perdeu.
Filme, pipoca, friozinho, edredom e alguém juntinho para curtir tudo isso.


Mar, sol e uma cerveja gelada.
Acordar depois de um sonho ruim e perceber que era só um pesadelo.
Finalizar as pendências do dia com antecedência.
Beijos.
Árvores, montanhas e cachoeira.
Jantar a luz de velas, vinho e um bom papo.
Receber um dinheiro extra inesperadamente.
Chorar de rir.
Bacon.
Achar uma vaga de estacionamento livre assim que você chega no local.
Uma noite bem dormida.
Seu time fazer o último ponto nos últimos minutos da partida e garantindo a vitória.
Perder peso sem dieta.
Feriado prolongado.
Finalizar o semestre na faculdade.
Entregar um projeto no trabalho e ser elogiado.
Chocolate.
Quitar dívida.
Sua música preferida tocar no rádio assim que você o liga.
Café quentinho. Pão com manteiga. Queijo.
Frio na barriga quando você se lembra de alguém que você fez amor.
Primeiro dia de férias.

A rotina costuma nos tirar a percepção da felicidade que está nos pequenos detalhes, deixamos passar despercebidos aqueles pequenos momentos que nos trazem sentimentos bons, um conforto, um sorriso bobo ou simplesmente aquecem nosso coração. Não podemos deixar esse pequenos momentos que se tornam grandes na memória.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





Nanda Andrade
Nanda Andrade não se desgruda dos livros. É extremamente apaixonada pela escrita, pela vida e pelo marido. Queria ter muitas vidas ao mesmo tempo para experimentar o máximo que pudesse de todas as possibilidades. No fim das contas seu coração egoísta quer guardar o mundo dentro de si.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here