5 diferenças entre narcisismo e autoestima

Imagem de capa: Tinxi, Shutterstock

David Levithan disse uma vez: “Narcisismo. Não podia acreditar que não tivesse um espelho de corpo inteiro”. Na realidade, narcisismo e autoestima buscam a legitimação do ser. Por isso é fácil confundir estes dois termos. No entanto, existem diferenças.

Onde estão estas diferenças? Por que tantas pessoas os confundem com tanta facilidade? É simples: enquanto o narcisismo realiza esta busca através de uma boa imagem, a autoestima o faz por simples existência, de forma incondicional.

Diferenças entre narcisismo e autoestima

Seguindo o raciocínio com o qual iniciamos este artigo, podemos acrescentar que o narcisismo e a autoestima são ingredientes opostos nas motivações e formas que geram. É assim que pensam dois dos psicólogos que mais trabalharam esta questão: Pilar Mallor e Manuel Villegas.

Em suas pesquisas encontramos diferenças claras entre narcisismo e autoestima, apesar de existirem comportamentos que podem ser atribuídos às duas origens. Desta maneira, como diferenciamos as duas modalidades em uma pessoa? Vamos descobrir alguns pontos que as distinguem claramente.

O narcisista tem uma percepção exagerada de si mesmo

A principal diferença entre a pessoa narcisista e a que tem uma boa autoestima é a imagem de si mesma. Ou seja, o primeiro se dá uma importância exagerada e distorcida. O segundo tem uma satisfação muito mais interior, menos inflada e melhor argumentada.

Ou seja, o narcisista busca bem-estar e segurança por meio de uma imagem exagerada, o que na realidade é uma autopercepção distorcida. Ele mostra um verdadeiro vazio interno no qual se esconde uma pessoa insegura.

Por sua parte, uma pessoa com boa autoestima baseia seu bem-estar nas relações satisfatórias, e não dá à sua imagem uma importância maior do que ela realmente tem. Por ser um perfil seguro de si mesmo, não precisa exagerar nem ressaltar os êxitos na frente dos demais; simplesmente os desfruta comemorando.

“Você não acha que é estranho quando alguém tem fotos de si mesmo em todo lugar? É como se estivessem tentando provar que existem”.
-Candance Bushnell-

Assertividade contra a necessidade de atenção

Uma pessoa com autoestima alta é assertiva. Ela sabe ouvir, atender e escolher os momentos para falar. De fato, o faz com conhecimento e sempre colocando valor em sua intervenção. Ou seja, tem inteligência emocional e social. Além disso, goza da paciência que lhe dá a segurança de que, quando chegar a sua vez, poderá manifestar a sua opinião.

No entanto, o perfil narcisista, dado seu culto exagerado à imagem, precisa de atenção. Ou seja, tratará sempre de ser o centro das atenções, de que todos saibam que ele está ali. Precisa de um culto constante a si mesmo por parte dos demais.

A empatia

Um detalhe que diferencia as pessoas narcisistas das pessoas com uma autoestima saudável é a sua capacidade de ter empatia. Isso ocorre precisamente porque a pessoa com uma autoestima saudável pode desenvolver na interação social a paciência da qual falamos, que é imprescindível para a escuta ativa.

Enquanto um narcisista só pensa em si mesmo e em sua imagem, uma pessoa com autoestima saudável está em uma melhor posição para se conectar com os demais. Por não ter sua atenção ocupada pela necessidade de agradar, pode empregá-la para se colocar na pele dos outros. Assim, será mais fácil entender diferentes pontos de vista, ideologias e sentimentos.

Egoísmo vs. cooperação

Outra das chaves através das quais podemos diferenciar um narcisista de uma pessoa com a autoestima saudável é o egoísmo. É fácil pensar que alguém que só pensa em si mesmo se ama, mas na realidade este amor que projeta está tão cheio de dúvidas que acaba sendo seu pior inimigo.

Enquanto uma pessoa com alta autoestima sabe quando e como mostrar generosidade e é cooperativa, o narcisista é incapaz. Se não vai obter um benefício, será complicado se esforçar.

“O que torna tão aguda a dor dos ciúmes é que a vaidade não pode ajudar a suportá-la”.
-Stendhal-

Arrogância vs. compaixão

A arrogância seria a quinta diferença entre as pessoas narcisistas e as pessoas com uma autoestima saudável. Enquanto o primeiro grupo não mostra compaixão por ninguém, salvo talvez por si mesmo, as pessoas que realmente se amam têm esta virtude e sabem o desafio bonito que é ajudar aos demais.

O narcisista, em sua arrogância, costuma se mostrar agressivo, invejoso e com a necessidade de dominar para se sentir bem. Dificilmente aceitará uma crítica e, por mais neutra que ela seja, tenderá a tomá-la de maneira pessoal, e não para o bem. Dificilmente aprenderá com seus erros, porque tem uma grande dificuldade para percebê-los e, sobretudo, para aceitá-los.

Uma pessoa narcisista e uma pessoa com autoestima saudável, em primeira instância, podem parecer muito semelhantes. No entanto, quando o tempo passa e começa a dar coerência às duas personalidades, vemos como esta semelhança entre narcisismo e autoestima se dilui como a miragem da água diante de um oásis.

Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here