Você não precisa desistir só porque não deu certo na primeira vez…

Imagem de capa: Masson, Shutterstock

É difícil acreditar, mas uma hora a tempestade vai passar, o céu vai se abrir e as nuvens darão lugar ao sol radiante que irá tocar a tua pele e te queimará com tanta intensidade que você se lembrará do quanto à vida pode ser perfeita e que por mais que não pareça, essa também é uma fase ruim e vai passar. E quando isso acontecer você terá certeza que cada minuto, cada momento, cada acerto e também cada erro terá valido a pena. Valeu a pena esperar, valeu a pena acreditar, valeu a pena sonhar que um dia as coisas se encaixariam perfeitamente em seu lugar.

O problema maior é que não estamos preparados para esperar, para aguardar calmamente até que a vida se resolva, até que os resultados comecem a aparecer. Assim como nossos dias, sempre corrido entre idas e vindas, desejamos que a vida sempre se desenrole num piscar de olhos de acordo com o que queremos e desejamos e quando isso não acontece sobra um gosto amargo de decepção, e aquele pensamento ruim de o quanto fracassamos. Em questão de segundos todos os fracassos e insucessos que tivemos até então parecem emergir e nos rodear tentando nos colocar pra baixo.

Independente dos insucessos que temos durante a jornada não podemos deixar de caminhar e acreditar que uma hora as coisas irão se encaixar uma hora aquela porta que tanto batemos vai se abrir e toda essa insistência dará lugar à gratidão por cada etapa concluída e alcançada. Não é porque não deu certo a primeira vez que devemos desistir daquilo que tanto almejamos. Seja qual for nosso objetivo, não devemos jamais deixar de acreditar e confiar em nós mesmos para alcançarmos o resultado. Desilusões amorosas acontecem o tempo todo, mas isso não deve ser a desculpa para você deixar de acreditar que um dia encontrará a pessoa que te fará ainda mais feliz do que você já é. Acreditar que ainda há tempo para o céu se abrir é algo muito importante. Por mais que demore uma hora as coisas se ajeitam, a vida encontra seu rumo, aceitamos nossa direção e tudo o mais que estiver no caminho. Aceitamos principalmente a nós mesmos e isso é extremamente importante.

Por mais que pareça um futuro tão, tão distante um dia encontraremos um sentido maior para acordar todos os dias, para desejar levantar da cama, encontraremos algo que faça valer a pena todo o caminho percorrido até aqui. Às vezes demora um mês, um ano ou até bem mais que isso, mas quando a gente menos espera simplesmente acontece e é a melhor coisa do mundo. Por isso não podemos parar de procurar, parar de arriscar, de quebrar a cara dia após dia até encontrar aquela cara metade tão quebrada quanto a nossa, aquela que também esteve buscando e errando até encontrar.

O amor é uma caixinha de surpresas e às vezes se desenvolve onde a gente menos espera, às vezes não é preciso ir muito longe para encontrar. Não é preciso viajar milhares de quilômetros em busca de um amor verdadeiro, mas é sim preciso aquietar o coração. Acreditar no futuro e tomar as atitudes corretas. Não podemos simplesmente deixar de acreditar. Pois o amor se constrói em pequenas coisas. Às vezes é preciso apenas olhar para o lado, respirar profundamente e se entregar aos momentos que a vida lhe proporciona. Enxergar as coisas que deixamos passar batido, demonstrações de carinho e afeto que poderiam fazer dos nossos dias, dias melhores com mais cor e menos nuvens atrapalhando o sol. Às vezes tudo o que precisamos é parar e observar coisas que estão acontecendo bem debaixo do nosso nariz e a gente nem se dá conta. Talvez por não perceber mesmo, ou talvez por não tentar perceber.

Todo coração desiludido tem uma camada ainda mais espessa para combater relações rasas e fúteis. Por conta disso precisamos tomar cuidado para que essa armadura não nos cegue e não deixe com que sigamos em frente. Porque às vezes o que mais precisamos é uma boa dose de vida e amor próprio, misturadas a uma vontade interna de fazer valer a pena, com uma pitada de loucura, porque ninguém é de ferro, e muito mais desejo a dar que receber. Precisamos ter mais paciência e enxergar cada coisa que acontece nossa volta. Aprender com os nossos erros e levantar a cada vez que a vida insistir em te por pra baixo. Não podemos deixar de sonhar e nem desistir só porque hoje não deu certo. Pois a vida é uma caixinha de surpresas e quando menos esperamos tudo pode acontecer.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Igor Cruz
Arquiteto, urbanista, escritor, podcaster e editor. Escrevo em busca de algo que me conecta com o outro, que me faz emergir em uma onda de amor e pensamentos sobre o que a vida ainda pode ser. A escrita é uma ponte que nos conecta há um novo mundo cheio oportunidades e conhecimentos. Cabe a nós e somente nós, dar o primeiro passo para atravessar essa ponte. Podcaster no InFormais Podcast.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here