Uma vida mais ou menos

Imagem de capa: LemonLynx, Shutterstock

Vivemos em uma época em que o tempo tornou-se escasso, onde a maioria das pessoas não consegue realizar tudo que pretendia ou planejava. Os dias têm sido curtos, as horas insuficientes, as palavras e as visitas estão cada vez mais raras.

Diante de tantos compromissos e cobranças nós ficamos cada vez mais cansados e desanimados e optamos por conveniência realizar o nosso trabalho, as nossas obrigações de maneira desmazelada, de maneira mais ou menos, é o popular “meia boca” que conhecemos.

Estamos nos acostumando com a vida mais ou menos porque acreditamos que isso é melhor do que nada, e pensar assim está errado, porque à medida que ofereço o pouco eu não cresço como pessoa, não melhoro, não prospero. O ideal é fazermos sempre o nosso melhor em tudo, e dessa forma acreditar que o melhor também venha de volta.

Chega de uma vida mais ou menos, um casamento mais ou menos, uma faculdade mais ou menos, um trabalho mais ou menos. Por mais simples que seja o seu papel ou a sua tarefa, faça a sua parte e faça bem feito, da melhor maneira possível, mesmo que você não seja reconhecido por isso no momento, mesmo que ninguém se importe, ou mesmo que não ganhe o suficiente, escolha fazer o seu melhor e com amor. Escolhendo o melhor, dificilmente terá o pior como recompensa.

Acredite! Mais cedo ou mais tarde a recompensa virá, porque a vida apenas nos dá de volta aquilo que oferecemos a ela.

“Sendo assim, tudo quanto vier à mão para realizar, faze-o com o melhor das tuas forças…”
Eclesiastes 9:10

Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa, texto de Irailde Santana

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos

Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: “A Soma de todos Afetos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here