Evite conflitos externos que levam a conflitos internos

Imagem de capa: Peter Bernik, Shutterstock

Há momentos em que, para evitar conflitos com os outros, agimos contra a nossa vontade. De tanto ceder podemos acabar explodindo a qualquer momento.

Você já parou para pensar nas consequências de tentar evitar conflitos?

Uma discussão, uma negativa por não querer fazer algo… sendo assim, não vale a pena tudo o que isso implica.

Ainda que você se esforce para não gerar uma disputa, isso não impedirá que ela aconteça. Isto é, dentro de você se esculpe uma batalha ainda pior que, na maioria dos casos, você sai perdendo.

Evitar conflitos lhe machucam

Esse ” não ” que você evita dizer por medo da reação da outra pessoa começa a refletir em você de uma forma negativa.

Na sua cabeça começará uma batalha entre “sim” e “não”. Sentimentos que lhe levarão a fazer o que prometeu com relutância.

Não há nada pior do que fazer algo sem que realmente nos apeteça. Você se sentirá mal, muito triste, mas sabe por quê? Porque no seu interior você sabe bem que está falhando.

É uma maneira de prejudicar a si mesmo. Sempre procurando não falhar com os outros ou que estes não falhem com você. Mas, por outro lado, você não tem esse respeito consigo mesmo.

Evitar conflitos não vale a pena. Você tem que dar prioridade a si mesmo, pois você merece vencer o medo do que poderá acontecer, ou “do que as pessoas dirão”, ou se ainda irá provocar raiva nos outros.

Isto já não é seu problema. Você tem que ouvir o seu coração e transmitir o que realmente quer.

Porque se você não fizer assim, isso se tornará uma constante e então, começará a decepcionar-se mais uma vez.

Repressão de emoções

Em todo esse “evitar conflitos” as emoções desempenham um papel de liderança. De forma agressiva as reprimimos, as guardamos, e não as expressamos temendo o que pode acontecer.

No entanto, isso não significa que não possam vir à tona. Como você bem sabe, por mais que retenha as emoções, elas acabam abrindo caminho.

Não dizer o que realmente você quer dizer, não expressar a sua opinião por medo de como as pessoas irão lhe olhar, não falar o que lhe incomoda ao seu parceiro, amigo, irmão, etc… fará com que mais cedo ou mais tarde, você perca o controle.

Estas situações, uma após a outra, farão com que você acumule sentimentos em um saco. Vai armazenando até que esteja completamente cheio.

Todos esses sentimentos são negativos e, quando estiver cheio, o saco explode. Em um momento inesperado, da forma menos adequada, e nas piores circunstâncias possíveis.

Depois de ter engolido tanta coisa você acaba provocando a perda de controle. A simples diferença é que isso pode transformar tudo em um caos total.

Alguma vez você já ouviu: “mas não é para tanto”? Ou, “não é assim, você está exagerando”. Talvez este seja um sinal de que seu saco está quase explodindo.

Não se envenene

Guardar as emoções dentro de você pode fazer com que seu corpo grite. Fortes dores de cabeça, mal-estar estomacal sem nenhuma razão… tudo isso é resultado da repressão.

Seus medos fazem com que você não mostre como realmente é. Você se torna seu próprio veneno, sendo desleal, infiel com seus princípios, e como o que você deseja.

Chega de agradar aos outros somente para evitar conflitos. Essa reação é gerada por uma negativa que talvez nunca aconteça e só existe em sua imaginação.

Ou, talvez, sim isso aconteça, porque os outros já sabem que você nunca se recusa a fazer coisa alguma.

Mude, não cause mais danos a si mesmo e não tenha medo de como os outros irão reagir. O seu bem-estar está em primeiro lugar, a sua felicidade e o que você deseja também.

Os outros não são mais importantes do que você, então se fizer algo contrariado, se disser algo sobre o qual se arrependerá mais tarde, simplesmente não faça.

Não pense muito, não se preocupe tanto. As piores tempestades são aquelas que se formam em nossas mentes.

Fonte indicada: Melhor com Saúde

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here