Essa sou eu, aceite

Imagem de capa: Maria Evseyeva, Shutterstock

Não adianta tentar me transformar em quem não sou. Essa sou eu, aceite. Você me conheceu assim, se apaixonou, me conquistou e agora quer se eu seja uma boneca? Desculpe, meu amor, isso não é possível. Sou movida por sentimentos e excessos. Sou um amontoado de desejos e sonhos. Sua racionalidade é linda em você, mas não se aplica a mim. Sou extremista e acredito que o coração é minha bússola, ele guia meus passos e minha verdade. Não estou disposta a abrir mão das minhas tardes no salão, da tequila com minhas amigas, da maratona de séries ou das peças do meu armário. Não vou abdicar dos meus saltos, da minha maquiagem ou do esmalte escuro que escolhi. Não sou propriedade sua, entendeu?

Nem tente determinar as roupas que vou usar, o comprimento da saia é problema meu, o tamanho do decote também, ok? Eles não fazem de mim melhor ou pior do que qualquer mulher que você conheceu. Sou apenas dona das minhas decisões e isso não tem nada a ver com o amor ou o respeito que sinto por você. Se a cor do meu batom é capaz de diminuir sua admiração por mim é porque, na verdade, não há admiração aí. O vermelho nos meus lábios apenas evidencia que a mulher ao seu lado tem personalidade e sabe onde quer chegar. Meu vestido curto prova que você escolheu uma mulher destemida e corajosa. Minha gargalhada alta mostra que você tem alguém que sorri para vida e não se acovarda diante das adversidades.

Eu quero você exatamente do jeito que você é. Não aceito máscaras ou falsidade. Eu falo o que penso, mas sei a hora de ficar calada, algumas coisas não precisam ser ditas. Respeito sua opinião, mas isso não significa que o que você diz vai mudar a minha, compreende? Sempre fui transparente e lhe mostrei cada um dos meus defeitos, evidenciei minhas qualidades e apertei a sua mão para caminharmos juntos nessa jornada, mas, por favor, não queria sentenciar o destino sozinho. Estou saturada de ver as pessoas me rotulando quando, na verdade, tão pouco sabem sobre mim. Eu sou muito mais do que eu mesma consigo explicar.

Se você não está satisfeito, pode sair e bater a porta, mas se você escolher ficar aceite que eu tenho personalidade e sei o que é melhor para mim. Se optar por permanecer ao meu lado saiba que sou a mulher que vai te arrancar sorrisos improváveis e vai cuidar da sua gripe com todo o carinho que dispõe, mas talvez, vestindo um lindo e micro shorts jeans. Sou a mulher que vai te abraçar no fim de um dia difícil e vai massagear seus pés, mas talvez, com a maquiagem um pouco carregada. A opção é sua, você pode mergulhar nas minhas profundezas ou nadar em qualquer mar raso por aí.

Talvez eu seja um pouco complicada, eu sei, mas tentar descomplicar vai acabar apagando o brilho que carrego comigo e eu não sei viver na escuridão. Aceite e brilhe ao meu lado.

COMPARTILHAR



RECOMENDAMOS



Monika Jordão
Atriz, escritora e paulistana. Acredita que o papel reflete mais do que o espelho. Apaixonada por livros, futebol, tequila, café e Coca-Cola. Buscando sempre o equilíbrio emocional e os amores inesquecíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here