A vida é uma reinvenção

Imagem de capa: romualdi, Shutterstock

Todos os dias você abre o olho pela manhã. Sem perceber, está ganhando a chance de recomeçar sua vida. O problema é que quando dormimos o espírito da mudança, que na noite anterior estava tão vivo, parece adormecer junto aos nossos sonhos e se perde na escuridão dos pensamentos noturnos.

Mas a vida cobra. E aí esse espírito de renovação renasce em nós. Acorda do pesadelo de ficar inerte e nos consome outra vez. Ainda bem! Pois a vida é exatamente isso: um eterno recomeço.

Li um dia desses num livro algo que prova o quanto somos testados desde pequenos pela vida. Quando aprendemos a caminhar caímos diversas vezes. Desistimos de tentar? Não. Pois se isso acontecesse, teríamos milhares de adultos engatinhando por aí. Caímos e levantamos. Tentamos de novo, de diversas formas, até conseguir caminhar com os dois pés no chão. E porque não ter essa força de vontade agora?

Às vezes penso na vida como um grande quebra-cabeça, complexo, de mil peças, e quando estamos para colocar a última, vem alguma criança malcriada e chuta todas as peças pra longe. Cabe a você julgar isso como uma coisa boa ou não. Mas vamos ver pelo lado positivo. É uma oportunidade pra recomeçarmos a montar esse quebra-cabeça de uma forma diferente e, de preferência, cuidando pra afastar qualquer criança que se aproxime. Usar as experiências ruins do passado como aprendizado para o futuro é essencial.

No final das contas, não é tão difícil assim. A oportunidade está aí, todos os dias. Basta você abrir os olhos pela manhã.

E então, você vai querer engatinhar o resto da vida? Você vai deixar as peças do seu quebra-cabeça espalhadas pelo chão?

Vamos lá! Recomece! Reinvente-se! Não tenha medo da mudança! Não deixe a vida te testar. Que tal você, dessa vez, testar a vida?

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Raquel Lopes
Gaúcha, engenheira de alimentos por profissão, escritora nas horas vagas. Capricorniana que ao contrário do que diz a astrologia, não tem um coração gelado, mas sim feito de manteiga. Apaixonada por cervejas artesanais, viajar, cozinhar e ir para a academia. Em matéria de amor já faltei aula, já fiquei em recuperação, já repeti o ano e também já fui aprovada com louvor. Acredito que o amor é o que move o mundo e através dele é que a gente evolui. Posso ter quebrado a cara algumas vezes, mas em todas elas eu me refiz. Uma definição de mim mesma? Fui e continuarei sendo uma romântica incurável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here