Desafios, o caminho para a transformação

Imagem de capa: pavelgr, Shutterstock

Nunca existiu um ser humano sobre a Terra que não tenha vivido, ainda que por curto tempo ou em grau leve, um desafio. Sabemos que desafio é tudo aquilo que nos leva a questionar seus efeitos e a maneira como resolvê-los. É um convite da vida para que possamos mostrar as nossas habilidades de buscar conhecer o que está acima das visíveis capacidades que já demonstramos, nos permitindo enfrentar o desconhecido e adquirindo, assim, uma expansão nas nossas capacidades, conhecimentos e resiliência.

Também pode ser visto como competição sobre um rival, por assim dizer, onde queremos provar que somos mais capazes diante do que nos propuseram. Comportamento esse comum em jogos, por exemplo.

Quaisquer que sejam os desafios, sabemos muito bem que não é fácil para ninguém aceitar e superar, vistos sermos seres falíveis e limitantes na compreensão sobre o propósito da vida no nosso caminhar. Estamos sempre a questionar considerando, em alguns casos, que não merecemos tal desafio, que a vida não é justa, etc.

Encontraremos na vida aspectos que precisaremos superar para crescer em várias escalas. A nossa vida é formada por vários ciclos, nos quais diferentes tipos de desafios vão se apresentando para que possamos, através deles, nos tornarmos verdadeiramente sábios.

Quantas vezes já enfrentamos desafios que até conseguimos resolver com rapidez e clareza, mas outros se arrastaram por longos períodos e até se repetiram, nos levando a descrer da nossa própria capacidade, ou até mesmo a não entender o porquê de estarem em nosso caminho.

Diante de situações assim, muitas vezes nos fechamos sufocados por não encontrarmos as soluções desejadas, nos considerando incapazes, frágeis, derrotados, e fugimos de todos e de nós mesmos permitindo que a tristeza nos convença de que não temos sorte na vida, pois tudo parece nos convencer de que estamos destinados a fracassar. Ficamos ainda pior se alguém nos critica e aponta outros como exemplo de superação, com a intenção de deixar claro que não somos capazes.

Se considerarmos que aprendemos através das lições, veremos nos desafios essa oportunidade, buscando entender o que eles querem nos ensinar para nos tornarmos melhores em qualquer que seja a área em que se apresentem.

É certo que todos que souberam aceitá-los e superá-los tornaram-se melhores do que antes. Sabemos que alguns deles foram fruto de escolhas que fizemos de uma maneira consciente, mas há sem dúvida os que já trazemos em nosso histórico, que mesmo não entendendo a princípio as suas causas, querem nos ensinar a crescer em todos os sentidos da vida.

Precisamos olhar os desafios como uma dádiva, pairando sobre eles um olhar mais demorado sem julgar se somos melhores ou piores que os outros, se são justos ou não, e sim únicos no nosso tempo e entendimento, buscando com atenção entender o que querem nos dizer para atingirmos os nossos objetivos, ou nos elevarmos em consciência.

Portanto, devemos considerá-los como a verdadeira oportunidade para atingirmos a transformação, que nunca será só externa, mas essencialmente interna, que nos permite as verdadeiras mudanças quando os absorvemos com entendimento. Podemos enfrentar um grande vendaval dentro e fora de nós diante dos desafios na vida, mas só através deles crescemos e nos transformamos.

“É preciso ter um caos dentro de si para dar à luz uma estrela cintilante”.
– Friedrich Nietzsche –

Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here