A felicidade é construída de pequenas coisas

Imagem de capa: Urupong Phunkoed, Shutterstock

A felicidade envolve um conceito muito amplo que não pode ser expressado em breves palavras. Ao longo da vida nos apoiamos na falsa ideia da felicidade, de que ela deve vir acompanhada do acúmulo de bens materiais, quando na verdade está nas pequenas coisas.

Não podemos negar que as pessoas necessitam de itens materiais básicos para viverem felizes. Afinal, bem-estar vem acompanhado de felicidade e vice-versa. Ter um trabalho é indispensável para cobrir essas necessidades básicas que geram despesas. Ainda assim, também devemos ter consciência de que o material nem sempre cobrirá todas as nossas complexas necessidades enquanto seres humanos.

Todos temos aspirações, necessidades que promovem saúde emocional como o amor, superação, satisfação pessoal, bem-estar cotidiano, tranquilidade, equilíbrio emocional, sonhos, sensação de realização… Bens intocáveis que não se conseguem com dinheiro.

Como diz a famosa frase: “A felicidade não é um objetivo, mas sim um caminho que temos que construir dia após dia”.

A verdadeira felicidade se esconde nas pequenas coisas

Com certeza você deve conhecer mais de uma pessoa que, diariamente, fala de seus projetos como metas finais para conseguir sua autêntica felicidade.

“Quando conseguir minha promoção, poderei comprar a casa que quero e serei feliz”. “Quando encontrar a pessoa adequada, poderei ser verdadeiramente feliz”. “Que vontade tenho de fazer essa viagem para ser feliz pelo menos por uma semana”.

Elas projetam sua felicidade em um futuro mais ou menos próximo, mas de que modo estamos vivendo nosso presente? E até que ponto podemos planejar a felicidade?

É ótimo ter metas, mas nunca como empecilhos para a nossa própria felicidade. Vale a pena rever os seguintes aspectos:

– O que realmente importa é o “aqui e agora”, o momento que você está vivendo, o caminho que você está trilhando e que merece ser trilhado com felicidade, equilíbrio e tranquilidade.

– O futuro ainda não existe. Podemos estipular metas pessoais e profissionais que nos servem de motivação, mas enquanto não chega o dia em que realizaremos tudo que almejamos, podemos, mesmo assim, ser felizes nessas circunstâncias. Cada avanço diário rumo aos objetivos valerá a pena porque estaremos felizes.

– A felicidade não é algo que se encontra de maneira casual, tampouco é um estado momentâneo e efêmero. A felicidade se constrói e é encontrada nas pequenas coisas, essas que podem ser aparentemente insignificantes.

Pare por um momento e reflita sobre esse olhar que você tem projetado no futuro e observe o que você tem ao seu redor:

Família, amigos que nos fazem rir, alguém que nos estende a mão para dar apoio, a risada dos filhos, a saúde (física, mental e espiritual), animais de estimação, momentos de solidão para planejar, o calor do sol, o cheiro das plantas, o despertar das manhãs, a leitura de um livro, a liberdade de caminhar livre e de correr embaixo da chuva… tudo isso, mesmo que não você não acredite, é felicidade.

Não há nenhuma receita mágica para a felicidade, tenhamos isso bem claro. Também temos que ser conscientes de que a felicidade nem sempre é permanente: há curvas, quedas, pequenos e grandes obstáculos no caminho que às vezes nos fazem tropeçar e podem nos fazer desanimar.

Não há vida sem dor e não há remédio mais efetivo do que o sofrimento para saber o que é a felicidade. Por isso, o que mais devemos valorizar é a tranquilidade, a serenidade para estar bem com quem amamos e com nós mesmos.

A felicidade simples é a mais gratificante, mas nem todos sabem ou podem ver isso.

Sempre haverá quem só tem como aspiração conseguir acumular coisas, e inclusive colecionar pessoas… mas seu coração continuará vazio. Não importa o esforço que faça, sua felicidade sempre será efêmera porque é incapaz de compreender o autêntico segredo desta vida: viver tranquilo, apreciar as pequenas coisas e estar bem consigo mesmo. Aprender a ser humilde e ser feliz com tudo o que há ao redor.

O que é felicidade para você?

Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos

Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: “A Soma de todos Afetos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here