Sabe aquela amiga que só te põe em roubadas? Chegou a hora de se afastar dela.

Toda amizade nasce como um primeiro amor. Aos poucos ela vai tocando carinhosa a nossa vida e quando vemos ela está lá.

Se você pensar bem notará que seus amigos apareceram em sua vida quase sem querer. Que, de certa forma, foi o destino que os colocou pertinho de você.  Que depois de um tempo as afinidades e valores comuns foram fazendo com que vocês se aproximassem em definitivo até que se tornassem amigos.

Mas a vida não coloca apenas bons amigos em nosso caminho. Coloca também pessoas que dizem ser amigas, sem o ser. Pessoas que visam sempre algum tipo de benefício particular com a nossa amizade e que realmente não se importam conosco.

Eu acredito que um amigo antes de mais nada tem que se importar. Tem que ter empatia. Se comprometer de coração. Ser verdadeiro e aceitar que entre duas pessoas inevitavelmente existem diferenças que merecem ser respeitadas. Cada pessoa tem seu limite particular, algo que diz respeito diretamente aos seus valores e isso deve ser preservado em qualquer amizade.

Lembre-se, toda amizade deve resguardar o melhor em nós e não o contrário.

Valorize-se. Sente-se por algum tempo e pense em seus amigos. Pense se eles estão realmente sendo bons amigos. Se a relação entre vocês tem sido de respeito mútuo e consideração.

Eu mesma tive por muitos anos ao meu lado uma pessoa que eu achava ser amiga. Você também deve ter tido uma ou mais pessoas assim por perto. Não é difícil encontrá-las, elas são numerosas e estão em todos os lugares.

Se você se lembrou de alguém, também deve ter se lembrado que essa pessoa te colocou em inúmeras roubadas. Sim, você passou apuros ao lado dessa pessoa e por um bom tempo achou que era o acaso que estava armando contra vocês.

Não, não foi o acaso que armou situações que lhe causaram mal-estar. Se você parar para pensar verá que essa pessoa, que se dizia amiga, repetia um padrão de comportamento nocivo, não só com você, mas com outras pessoas também, agindo de forma imprudente e leviana.

Se você disse em alto e bom tom BASTA provavelmente conseguiu respirar aliviado, mas se essa pessoa ainda estiver por perto, talvez tenha chegado a hora de se afastar, pelo seu próprio bem.

No meu caso, a pessoa que eu achava ser minha amiga parecia ser ponderada e, apesar de alguns deslizes, eu cismava em crer que as coisas saiam erradas quando estávamos juntas por uma questão de má sorte. Demorou, mas eu percebi que a minha má sorte foi acreditar inúmeras vezes em alguém que não sabia o significado da palavra amizade. Ela realmente não se importava comigo. E isso ficou muito claro quando parei e pensei em tudo que tínhamos passado juntas.

Por causa dela eu fiquei doze horas em um saguão de aeroporto bem longe de minha cidade Natal. Fui para um spa de emagrecimento sem precisar emagrecer. Fui deixada a pé há quilômetros de onde estava meu carro. Ela furou com horários e lugares, fez de mim gato e sapato até que um dia eu disse basta e me afastei.

Digo por mim que foi o melhor que eu poderia ter feito. Agi de forma sensata, sem me indispor com ela. Falei sobre minhas impressões e não quis mais sua controversa amizade. Não atendi mais seus telefonemas, não quis mais ouvir falar de suas conturbadas relações amorosas, não aceitei novos convites e só depois de tudo isso fui perceber que incrivelmente longe dessa pessoa as coisas passaram a dar certo.

Proteja sua integridade e ame-se. Talvez tenha chegado o momento de se afastar de quem só te coloca em roubadas. Sua vida vai agradecer, com certeza.

Acompanhe a autora no Facebook pela sua comunidade Vanelli Doratioto – Alcova Moderna.

Atribuição da imagem: pixabay.com – CC0 Public Domain.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Vanelli Doratioto
Vanelli Doratioto é uma escritora paulista, amante de museus, livros e pinturas que se deixa encantar facilmente pelo que há de mais genuíno nas pessoas. Ela acredita que as palavras são mágicas, que através delas pode trazer pessoas, conceitos e lugares para bem pertinho do coração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here