O tempo é mestre!

Imagem de capa: Kichigin, Shutterstock

Hoje, depois de algumas turbulências, dores, desamores, encontros e desencontros, eu consigo enxergar as coisas de uma melhor forma. Hoje, após ter adquirido maturidade oriunda de muitas situações difíceis, consigo olhar o mundo com outros olhos. Chega a ser cômico, o que no passado eu achava que iria me matar, hoje é o que me fortalece e faz de mim um poço de coragem e vontade de viver.

Cresci ouvindo que o tempo colocava tudo no lugar. Confesso que muitas vezes cheguei a desacreditar nisso, porque, para mim, o tempo fazia o que era ruim piorar e o que era bom ter um fim. Que cruel que ele era! Como eu poderia confiar? Mas, como costumo sempre dizer, a vida nos ensina. E, mesmo na marra, resistindo, batendo o pé e dizendo que não, eu aprendi que o tempo ainda consegue ser o mestre dos mestres e nos ensina coisas maravilhosas.

Não abandonei a ideia do quanto ele pode ser cruel. Do quanto ele pode intensificar males e tristezas. Mas, o tempo tem uma forma maravilhosa de agir. Ele se divide, e, como em uma espécie de categoria, age diferentemente em cada momento. Sabe aquela coisa que nos dizem sempre de que há tempo para tudo? É exatamente isso. Há tempo de sangrar, doer, maltratar, perder o rumo. Mas também há o tempo de curar, cicatrizar, amar, sorrir, deixar a paz invadir, encontrar-se e, amadurecer e sorrir para o universo.

Como costuma me lembrar uma amiga, “o tempo é mercúrio-cromo”. Vai por mim, ele só parece estar jogando contra a gente. Mas é tudo impressão, acredite! Quando a tempestade passar, o sol aparecer, o furacão se findar e a ferida se fechar (e isso não acontece de uma hora para outra), você irá entender como a gente precisa passar por tudo isso para evoluir. Irá se dar conta que a maturidade é a melhor coisa que nos pode acontecer, pois ela nos abre um leque de formas para enfrentar as adversidades dessa vida. E, somente assim, olharemos para trás agradecendo por cada joelho dobrado, cada queda e cada lágrima, pois o tempo nos mostrou que tudo foi preciso e que somos fortes, capazes e estamos no caminho certo.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Ana Luiza Santana
"Estudante de psicologia, nascida no Pernambuco, mas escolhida pela Bahia(amo). Intensa por naturalidade e louca por amor. Completamente apaixonada por abraços apertados, sorrisos e pessoas de aura leve e energia positiva."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here